Investigação

PF faz operação para desarticular organização criminosa e prende sete suspeitos em Pernambuco

Policiais identificaram um grupo que atuava na venda de drogas na região Nordeste, principalmente na Paraíba e em Pernambuco

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 18/08/2021 às 12:47
Notícia
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Operação foi realizada pela PF na Paraíba, mas houve desdobramento em Pernambuco - FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Leitura:

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nessa terça-feira (17), a segunda fase da Operação Menoridade, que tem relação direta com a prisão de um homem suspeito de tráfico em São Paulo, em junho passado. Atualmente, ele encontra-se recolhido no Presídio Federal de Catanduvas (PR) e é acusado crimes como roubo a carro forte e tráfico de drogas.

Durante as investigações, os policiais identificaram possíveis comparsas que vinham atuando na venda de drogas na região Nordeste, sendo o principal entreposto a cidade de Campina Grande, na Paraíba, com ramificação nas cidades de Canhotinho e Caruaru, em Pernambuco.

Ao todo, foram cumpridos 19 mandados de busca de apreensão, três mandados de prisão preventiva e 12 mandados de prisão temporária nas cidades de Campina Grande (PB), São Bento (PB), Jaboatão dos Guararapes (PE), Caruaru (PE), Canhotinho (PE) e Goiânia (GO), além do Presídio Federal em Catanduvas (PR). Todas as ordens judiciais foram expedidas pela Vara de Entorpecentes de Campina Grande.

Em Pernambuco, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Canhotinho e Caruaru/PE e sete mandados de prisão preventiva/temporária nas cidades de Canhotinho, Caruaru e Jaboatão dos Guararapes.

De acordo com a Polícia Federal, os presos serão autuados pelos crimes de roubo e tráfico drogas e em seguida passarão por audiência de custódia e posteriormente serão encaminhados para o sistema prisional em Campina Grande, ficando à disposição da Vara de Entorpecentes daquele município.

Comentários

Últimas notícias