astronomia

Conjunção tripla entre a Lua, Júpiter e Saturno pode ser vista no Grande Recife

O fenômeno astronômico ocorre quando alguns movimentos que os corpos celestes do sistema solar exercem se igualam

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 20/08/2021 às 18:22
Notícia
CORTESIA
Fenômeno pode ser visto até o domingo (22) - FOTO: CORTESIA
Leitura:

A conjunção tripla entre a Lua, Júpiter e Saturno pode ser vista desta sexta-feira (20) até o domingo (22), inclusive na Região Metropolitana do Recife. O fenômeno astronômico ocorre quando alguns movimentos que os corpos celestes do sistema solar exercem se igualam.

"As conjunções podem ser vistas em quase todo o globo, cada região em um determinado horário, por conta dos fusos. Sendo assim, no Brasil, ela poderá ser observada na direção em que o Sol nasce, ou seja, no Leste", explicou Cleiton Batista, coordenador do Observatório da Sé.

Nesta sexta-feira, os fãs da astronomia poderão observar a Lua acima de Júpiter e a direita de Saturno. Já no sábado (21), a Lua estará abaixo de Saturno e um pouco acima e a direita de Júpiter. Por fim, no domingo, a Lua estará visualmente abaixo tanto de Júpiter, quanto de Saturno. O evento poderá ser observado a olho nu.

"As conjunção se caracterizam visualmente como um 'alinhamento' entre os corpos celestes envolvidos. Se traçar linhas retas entre esses três objetos, verá que hoje forma uma triangulação", falou o coordenador do Observatório da Sé.

A observação astronômica, como qualquer outra, pode ser melhor visualizada em locais que não possuam muita luz ao entorno, a poluição luminosa. "As áreas mais afastadas dos centros urbanos se tornam locais mais privilegiados para ver o fenômenos, porque a luz ofusca o brilho natural dos objetos celestes", disse Cleiton.

Lua Azul

No domingo, também será possível observar a chamada "Lua Azul". O apelido é dado a segunda Lua Cheia em um único mês ou para a terceira ou quarta Lua Cheia em uma determinada estação do ano, sendo este último o caso deste domingo.

"Cheia ou não, a lua pode aparecer azul quando a atmosfera está com partículas de poeira ou fumaça, um pouco maiores de 900 nanômetros. As partículas espalham a luz vermelha, fazendo com que a lua pareça azul", ressaltou o coordenador.

Como o ciclo lunar tem aproximadamente 29 dias, a cada dois anos e meio um mês tem duas Luas Cheias.

Comentários

Últimas notícias