coronavírus

Grande Recife concentra casos da variante delta em Pernambuco

Estado já confirmou 36 casos da cepa que teve origem na Índia

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 18/09/2021 às 0:16
Notícia
Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC
Uso de máscara para proteção contra o novo coronavírus. - FOTO: Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC
Leitura:

O Grande Recife é a região de Pernambuco com o maior número de casos confirmados da variante delta do coronavírus. De acordo com os dados divulgados até esta sexta-feira (17) pela Secretaria de Saúde (SES-PE), os sequenciamentos genéticos realizados pelo Instituto Aggeu Magalhães, unidade da Fiocruz em Pernambuco, já detectaram 36 amostras com a variante originária da Índia e altamente transmissível no Estado. Do total, quase metade se concentra na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Até o momento, sete municípios da RMR, juntos, confirmaram 16 casos da delta, são eles: Camaragibe (1); Jaboatão dos Guararapes (1); Recife (8); Ipojuca (1); Olinda (3); Cabo de Santo Agostinho (1) e Abreu e Lima (1).

Os outros municípios que confirmaram casos da variante foram

  • Caruaru (5);
  • Petrolina (4);
  • Jataúba (2);
  • Exu (2);
  • Escada (1);
  • Araçoiaba (1);
  • Quipapá (1);
  • Fernando de Noronha (1);
  • Araripina (1);
  • Primavera (1)
  • São Paulo/Ubatuba (1) turista que foi testado e notificado por Fernando de Noronha.

Novos casos da delta

Nesta sexta-feira (17), a SES confirmou a detecção de mais sete casos. O relatório de circulação de linhagens apontou que das 27 amostras sequenciadas, 20 foram identificadas como linhagem e sublinhagem da variante gama (74%), inicialmente detectada no Brasil. Foram detectadas no conjunto de amostras analisadas 7 (26%) pacientes infectados com a linhagem delta.

Entre os 7 casos da variante delta, 4 foram em pessoas do sexo masculino e 3 do sexo feminino, com idades entre 20 e 56 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (4), 30 a 39 (2) e 50 a 59 (1).

Das amostras que positivaram para a variante Delta, todas foram notificados no sistema de informação dos casos leves. Os municípios de origem foram orientados a investigar e acompanhar os casos. Com isso, até agora, o Estado totaliza 36 pessoas infectadas por essa variante.

Todas as coletas dos materiais biológicos para esta rodada de sequenciamento genético ocorreram entre os dias 6 e 27 de agosto. As amostras desta rodada de sequenciamento genômico foram dos seguintes municípios: Exu, Terezinha, Igarassu, Caruaru, Ipojuca, Camaragibe, Sairé, Petrolina, Primavera e Cabrobó.

Histórico

Além dos 7 novos casos registrados nesta sexta-feira (17) em Exu (1), Camaragibe (1), Petrolina (4) e Primavera (1), outros 15 casos foram registrados no dia 10 de setembro, sendo 14 de pacientes provenientes das cidades pernambucanas de Araçoiaba (1), Caruaru (4), Escada (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Jataúba (2), Quipapá (1), Recife (3) e Fernando de Noronha (1), além de 1 pacientes de outro estado: São Paulo/Ubatuba (1), turista que foi testado e notificado por Fernando de Noronha.

Outros 4 foram confirmados no dia 2 deste mês de pacientes provenientes das cidades de Olinda (1), Ipojuca (1), Caruaru (1) e Araripina (1). No dia 27 de agosto foram confirmados 8 casos da variante em pessoas residentes dos municípios do Recife (5), Olinda (1), Cabo de Santo Agostinho (1) e Exu (1). Antes disso, no dia 18 de agosto foram confirmadas 2 amostras com a cepa originária da Índia, de pessoas residentes de Abreu e Lima (1) e Olinda (1), que adoeceram em julho.

 

Comentários

Últimas notícias