Plano de Convivência

Pernambuco amplia flexibilizações: veja o que será permitido no Estado a partir de 27 de setembro

Estarão autorizados eventos culturais, shows e bailes com até 2,5 mil pessoas e a presença da torcida nos estádios de futebol

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 23/09/2021 às 16:49
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Show da banda Bon Jovi em Pernambuco antes pandemia da covid-19 - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O governo de Pernambuco anunciou, em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (23), mais um avanço no Plano de Convivência com a Covid-19. A partir da próxima segunda-feira (27.09), estão autorizados eventos culturais, shows e bailes com até 2,5 mil pessoas e a presença da torcida nos estádios de futebol com 20% da capacidade do local ou 2,5 mil torcedores, o que for menor.

"Isso só foi possível graças aos números favoráveis da saúde, pelo avanço na vacinação. Por isso, é necessário ressaltar a importância de que a gente faça o complemento da segunda dose da vacina, tenha o esquema vacinal completo. Dessa forma, vamos continuar evoluindo e flexibilizando as atividades sociais e econômicas, além da testagem que tem sido feita pelo Governo de Pernambuco, pelo Testa PE", declarou a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça.

Nos dois casos, será necessário que 90% dos ingressos sejam destinados às pessoas que completaram o esquema vacinal, seja com as duas doses ou com a dose única. Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

Os shows poderão ser realizados até 1h, com duração de até sete horas. "A nova flexibilização não abrange área de dancing, mas será permitido ficar em pé utilizando a máscara", explicou Ana Paula Vilaça, acrescentando que a máscara só poderá ser retirada quando se estiver consumindo comida ou bebida. 

Já os eventos corporativos, colações de grau, aulas da saudade e os cultos ecumênicos poderão ser realizados com capacidade máxima de 2,5 mil pessoas ou 80% do local, o que for menor. “O uso da máscara permanecerá obrigatório, desde que não se esteja consumindo comida ou bebida. Os participantes também deverão permanecer sentados, mas poderão ficar em pé, desde que estejam usando máscara”, ressaltou Ana Paula.

Cinemas, teatros e circos vão seguir a mesma regra de capacidade dos eventos corporativos. A única diferença é que esses últimos vão poder funcionar das 9h à 1h da madrugada. “Igrejas e atividades religiosas seguem a mesma capacidade e os protocolos imunizantes. O que muda é o horário de funcionamento, que será de 5h à 1h da madrugada”, acrescentou. Já os eventos sociais e buffets poderão funcionar em todo o Estado das 8h à 1h da madrugada, durante todos os dias da semana. A capacidade máxima poderá chegar a 2,5 mil pessoas ou 50% do local, o que for menor.

Também a partir da próxima segunda-feira haverá novas medidas para o funcionamento dos bares e restaurantes. Esses estabelecimentos poderão aumentar a capacidade de clientes para 80% do local com até 15 pessoas por mesa e distanciamento reduzido para 1 metro. “Esses estabelecimentos também vão poder funcionar até 1h da madrugada, mas continuará proibido o espaço de dança”, reforçou Ana Paula. Academias de ginástica e similares estão autorizadas a aumentar a capacidade dos aparelhos de cárdio de 70% para 80%.

Em novembro, a liberação da capacidade de pessoas em eventos culturais, shows e bailes deverá dobrar. "Era um anseio do segmento que a gente desse uma previsibilidade, para que eles pudessem se planejar, se organizar. Então a gente dobra a capacidade para até 5 mil pessoas. A partir daí, as pessoas têm que ter a imunização completa, ou seja, as duas doses da vacina. Quem quiser frequentar grandes eventos, shows, grandes eventos sociais, terá que ter as duas doses da vacina", disse a secretária.

@jc_pe

Aqui vai um resumão para te ajudar a entender algumas das novas regras que começam a valer dia 27/09 em Pernambuco. Deixe sua dúvida nos comentários!

? Criminal (Instrumental, No Brass) - The Young Ebenezers

Também haverá controle vacinal quando o público for a partir de 300 pessoas. Esse controle pode ser feito por meio de aplicativo certificados pelo Governo de Pernambuco, através do Passe Seguro PE, que facilita a entrada das pessoas nesses ambientes.

Apesar das liberações, é necessário que as pessoas continuem mantendo as medidas de prevenção contra a covid-19 em ambientes públicos ou com aglomeração. "É preciso fazer o uso correto das máscaras o tempo inteiro, a higienização das mães e respeitar o distanciamento social", afirmou a secretária.

Para o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, o Estado tem buscado a eficiência na retomada das atividades econômicas para que possa garantir as retomada dos empregos. "Temos aí a retomada mais rápida do Nordeste, a segunda do país, com 9% da retomada agora no mês de agosto, acima da média nacional de 7%", declarou.

Ainda de acordo com o secretário, nas próximas semanas serão feitos anúncios importantes para a alta temporada de dezembro e janeiro. "Tudo isso aliado a retomada aos poucos das atividades de bares e restaurantes shows eventos, deverá tornar possível uma ocupação da rede hoteleira importante para esse momento depois de tanto sofrimento diante das restrições que impôs ao setor de turnos. Ela se mostra bastante importante fundamental nesse momento", concluiu.

Veja o que muda:

Eventos culturais, shows e bailes

A partir da próxima segunda-feira os eventos-teste serão extintos. Isso porque não será mais necessário pedir autorização para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco. O governo liberou eventos para 2,5 mil pessoas ou 50%, o que for menor. 

Nos locais, é preciso que as pessoas façam o uso da máscara de proteção, desde que elas não estejam consumindo comida ou bebida. É permitido que o público fique sentado, sem dancing, e em pé.

Deve ser feito o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas que tenham tomado a segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de vacina de dose única. Já os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e que tenham realizado exame RT-PCR 48 horas antes do evento ou teste de antígeno feito 24 horas antes. Os eventos devem ter duração de, no máximo, 7 horas com horário até 1h da madrugada, todos os dias.

A partir de novembro ficam liberados os eventos para 5 mil pessoas ou 70%, de acordo com o que for menor. Será necessário que as pessoas presentes façam o uso obrigatório da máscara, desde que não esteja consumindo comida ou bebida. Será permitido que o público fique sentado, sem dancing, e em pé.

Será necessário que as pessoas presentes no evento estejam com o esquema vacinal completo, com duas doses ou com a vacina de dose única. Os eventos devem ter duração de, no máximo, 7 horas com horário até 1h da madrugada, todos os dias.

Eventos esportivos

A torcida será permitida nos eventos esportivos a partir do dia 27 de setembro. No entanto, as partidas terá limite máximo de 2,5 mil pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor, em competições esportivas. A partir de 300 pessoas, será necessário o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas que tenham sido vacinadas com a primeira e segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de imunizante de dose única.

Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas vacinadas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes da partida ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

Liberação de torcida em estádios de futebol

Nos jogos de futebol será permitida a entrada de torcidas nos estádios desde que só ocupem 20% da capacidade do local ou 2,5 mil pessoas, o que for menor. Será necessário o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas que completaram o esquema vacinal contra a covid-19, ou seja, com a primeira e segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de vacina de dose única.

Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas que tomaram a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes do jogo ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

Corridas de rua

As corridas de rua estarão liberadas para até 2,5 mil pessoas. Os eventos com mais de 300 pessoas inscritas deverão ter o controle seguro do esquema vacinal, sendo 90% das vendas dos ingressos destinadas para pessoas com a segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de vacina de dose única. Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

A partir de novembro a capacidade é ampliada para até 5 mil atletas.

Eventos corporativos

A capacidade máxima de pessoas em eventos corporativos poderá chegar a 2,5 mil presentes ou 80% do local, o que for menor, a partir da próxima segunda-feira. Caso o evento comporte a partir de 300 pessoas, será necessário fazer o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas que tomaram a primeira e a segunda dose da vacina contra a covid-19 ou com uma dose, no caso de vacina de dose única.

Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas imunizadas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes do evento ou teste de antígeno realizado nas 24 horas anteriores. Será obrigatório fazer o uso da máscara, desde que não esteja consumindo comida e bebida. O público pode permanecer sentado, sem dancing, e é permitido ficar em pé. Os eventos poderão ocorrer das 8h à 1h da madrugada, todos os dias.

São exemplos de eventos corporativos assembleias, capacitações, cursos, conferências, congressos, convenções, encontros, entrevistas, fóruns, painéis, palestras, reuniões, simpósios, seminários, solenidades, treinamentos, webinar e workshops.

Eventos sociais/Buffet

Nos eventos sociais, como aniversários, batizados, bodas, casamentos, festas infantis e noivados, a capacidade máxima do público poderá chegar a 2,5 mil presentes ou 50% do local, o que for menor. A partir de 300 pessoas, será necessário o controle seguro do esquema vacinal, sendo 90% do público vacinado com a primeira e segunda dose do imunizante contra a covid-19 ou com apenas uma dose, no caso de vacina de dose única.

Os outros 10% serão reservados a pessoas que tomaram a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes do evento ou teste de antígeno realizado nas 24 horas anteriores. É obrigatório o uso da máscara, desde que não esteja consumindo comida e bebida. O público pode permanecer sentado, sem dancing, e é permitido ficar em pé. Os eventos poderão ocorrer das 8h à 1h da madrugada, todos os dias.

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico

Nesses eventos, a capacidade máxima poderá chegar a 2,5 mil presentes ou 80% do local, o que for menor. A partir de 300 pessoas, será necessário realizar o controle seguro do esquema vacinal, sendo 90% do público vacinado com a primeira e segunda dose do imunizante contra a covid-19 ou com apenas uma dose, no caso de vacina de dose única.

Os outros 10% serão reservados a pessoas que tomaram a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes do evento ou teste de antígeno realizado nas 24 horas anteriores. É obrigatório o uso da máscara, desde que não esteja consumindo comida e bebida. Público pode ficar sentado, sem dancing, e é permitido ficar em pé. Os eventos poderão ocorrer das 8h à 1h da madrugada, todos os dias.

Serviços de alimentação

Os serviços de alimentação, como bares, restaurantes e lanchonetes, vão poder ampliar a presença dos clientes para 80% da capacidade do local com até 15 pessoas por mesa. O distanciamento foi reduzido para 1 metro. Os estabelecimentos vão poder funcionar das 5h à 1h, em todo o Estado, durante a semana e nos fins de semana e feriados, inclusive nos que ficam localizados em shopping centers

É permitida a apresentação musical com até cinco integrantes, com quaisquer instrumentos musicais, incluindo o cantor ou DJ, mas sem dança. A pessoas poderão ficar em pé, desde que façam a utilização das máscaras.

Academias e similares

As academias de ginástica e similares irão poder operar com a capacidade de 80% de pessoas nos aparelhos de cardio. Elas permanecem funcionando em todo o Estado, das 5h à meia-noite, durante a semana, nos finais de semana e feriados.

Feiras de negócios

As feiras de negócios poderão ocorrer das 8h à meia-noite, durante a semana e nos finais de semana e feriados, a partir da próxima segunda. Continua permitido um cliente/visitante a cada 5 metros quadrados nas áreas internas das lojas, e um visitante a cada 10 metros quadrados nas áreas de circulação.

Shopping centers e galerias comerciais

Os shoppings centers e galerias comerciais passam a funcionar das 8h à meia-noite, durante a semana e nos finais de semana e feriados a partir do dia 27 de setembro. Continua permitido um cliente a cada 5 metros quadrados nas áreas internas das lojas, e um visitante a cada 10 metros quadrados nas áreas de circulação.

Cinema, teatro e circo

O cinema, teatro e circo poderá ter capacidade máxima de 2,5 mil presentes ou 80% do público no local, o que for menor. Caso haja um número a partir de 300 pessoas, será necessário fazer o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas que tenham tomado a primeira e a segunda dose da vacina contra a covid-19 ou com uma dose, no caso de imunizante de dose única.

Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas que tenham tomado a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes do evento ou teste de antígeno realizado nas 24 horas anteriores. Vão poder funcionar, das 9h à 1h da madrugada, em todo o Estado, durante a semana e nos finais de semana e feriados.

Museus e demais equipamentos culturais

Os museus e outros equipamentos culturais passam a funcionar em todo o Estado, das 8h à meia-noite, durante a semana e nos finais de semana e feriados. Continua permitido um visitante a cada 20 metros quadrados nas áreas expositiva internas, e um visitante a cada 10 metros quadrados nas áreas expositivas externas.

Clubes sociais

Os clubes sociais passam a funcionar em todo o Estado, das 5h à 1h da madrugada, durante a semana e nos finais de semana e feriados. Permanece liberada a apresentação musical com até cinco integrantes, com quaisquer instrumentos musicais, incluindo o cantor ou DJ, mas sem dança. As saunas também estarão liberadas a partir de segunda.

Igrejas e templos religiosos

A capacidade máxima nas igrejas e templos religiosos poderá chegar a 2,5 mil presentes ou 80% do local, o que for menor. A partir de 300 pessoas, será necessário o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% das vagas para pessoas que tenham tomado a primeira e a segunda dose da vacina contra a covid-19 ou com uma dose, no caso de imunizante de dose única.

Os outros 10% dos lugares serão destinados a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes da celebração ou teste de antígeno realizado nas 24 horas antes anteriores. É obrigatório uso da máscara. Os locais vão poder funcionar, das 5h à 1h da madrugada, em todo o Estado, durante a semana e nos finais de semana e feriados.

Escritórios comerciais

Nos escritórios comerciais, a capacidade passa para 80% do local, considerando o distanciamento de 1 metro entre as estações de trabalho. Passam a funcionar em todo o Estado, das 5h à meia-noite, qualquer dia da semana.

Fernando de Noronha

A partir do dia 27 de setembro, só poderá entrar no Arquipélago de Fernando de Noronha pessoas com carteira de vacinação digital com as duas doses ou dose única (21 dias de aplicação), ou com uma dose mais exames: RT-PCR negativo (48 horas antes do embarque ou menos); ou resultado reagente do exame IgG por sorologia, ou resultado reagente de anticorpos neutralizantes, ambos realizados em laboratório.

Já a partir de dezembro, poderá entrar na ilha pessoas apenas com carteira de vacinação digital e com as duas doses aplicadas ou dose única.

O que permanece como está:

Comércio varejista de bairro

No comércio varejista de bairro é permitida a presença de um cliente a cada 5 metros quadrados para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10 metros quadrados nas áreas de circulação. O horário de funcionamento é de 8h à meia-noite, qualquer dia da semana.

Comércio varejista de centro

No comércio varejista de centro é permitida a presença de um cliente a cada 5 metros quadrados para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10 metros quadrados nas áreas de circulação. O horário de funcionamento é das 8h à meia-noite, qualquer dia da semana.

Polo de Confecções

Em polo de confecções o horário de funcionamento permanece das 5h à meia-noite, qualquer dia da semana.

Parques temáticos, aquáticos, jogos eletrônicos, itinerantes e similares

Os parques temáticos, aquáticos, jogos eletrônicos, itinerantes e similares são objetos de regulamentação e fiscalização de cada município.

Parques infantis

Os parques infantis são objetos de regulamentação e fiscalização de cada município.

Comércio de praia, ciclofaixas e calçadões

O comércio de praia, as cliclofaixas e calçadões também são objetos de regulamentação e fiscalização de cada município.

Escolas e universidades

Nas escolas e universidades deve ser mantido o distanciamento de 1 metro entre as bancas escolares, reduzindo a quantidade de estudantes quando necessário. O horário de funcionamento é das 6h à meia-noite.

 

Comentários

Últimas notícias