Violência

Suspeito é baleado e morre após tentativa de assalto a BRT no Centro do Recife

Um passageiro reagiu à investida e efetuou disparos contra os suspeitos. Moradores da área apedrejaram o ônibus após o caso

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 21/12/2021 às 22:41
REPRODUÇÃO/TV JORNAL
Assalto a ônibus aconteceu no Recife - FOTO: REPRODUÇÃO/TV JORNAL
Leitura:

Uma troca de tiros aconteceu dentro de um ônibus do BRT, na noite desta segunda-feira (21), no bairro de Santo Antônio, na região central do Recife. Segundo o motorista do coletivo, em entrevista à TV Jornal, dois homens subiram no ônibus e anunciaram o assalto. Enquanto a dupla recolhia os pertences dos passageiros, um homem ainda não identificado se levantou e efetuou disparos contra os suspeitos. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), um dos suspeitos conseguiu fugir e o outro morreu após ser baleado na troca de tiros.  Policiais ainda socorreram o homem ferido e o levaram ao Hospital da Restauração, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

"O Conorte informa que o ônibus que fazia a linha Abreu e Lima / Prefeitura do Recife foi abordado por um assaltante quando passava próximo ao Fórum Thomaz de Aquino, no Recife. Um passageiro que estava no veículo reagiu baleando o suspeito que foi socorrido", diz nota da empresa de transporte.

Ainda de acordo com o Conorte, moradores de uma comunidade próximo ao local ficaram revoltados e apedrejaram o ônibus. "O Conorte se coloca à disposição das autoridades policiais com o objetivo de ajudar nas investigações".

O ônibus fazia a linha 1962 - Abreu e Lima (PCR) e passava próximo ao Fórum Thomaz de Aquino, na Avenida Martins de Barros, quando o roubo foi anunciado.

No mesmo local, uma mulher foi esfaqueada, no sábado (18), durante assalto dentro de ônibus. Ela estava descendo do coletivo quando criminosos puxaram sua bolsa. Ao reagir, a vítima foi atingida por diversos golpes de faca nos braços e precisou ser socorrida ao Hospital da Restauração. Três homens foram presos após a investida criminosa.

Comentários

Últimas notícias