VIOLÊNCIA

Mulher é esfaqueada durante assalto a ônibus no Centro do Recife neste sábado

Investida teria sido praticada por um homem e duas mulheres em uma das vias mais movimentadas do Centro

JC
JC
Publicado em 18/12/2021 às 16:14
Jailton Jr/JC Imagem
Provavelmente, toda a investida foi filmada pelas câmeras instaladas nos ônibus da Região Metropolitana do Recife - FOTO: Jailton Jr/JC Imagem
Leitura:

Uma mulher teria sido esfaqueada durante um assalto a ônibus no Centro do Recife, na manhã deste sábado (18/12). As informações sobre o caso ainda são poucas, mas segundo a Polícia Militar, a passageira foi ferida após tentar reagir ao roubo da bolsa, praticado por um homem e duas mulheres que estavam no coletivo que fazia a linha Pau Amarelo, da empresa Cidade Alta, que integra o Consórcio Conorte - o mesmo que opera o BRT Norte-Sul.

A passageira, que não teve a identidade revelada, teria sido esfaqueada no braço direito e levada para o Hospital da Restauração, no Derby. área central do Recife. A vítima teve lesões profundas nos braços, mas não corria risco de morte. O assalto teria acontecido na Avenida Martins de Barros, no bairro de Santo Antônio, uma das vias mais movimentadas do Centro. Segundo informações repassadas por passageiros que presenciaram a violência, os três ladrões estavam na parte traseira do ônibus quando arrancaram a bolsa da mulher.

Ao tentar evitar a perda da bolsa, a passageira foi esfaqueada no braço direito por um dos homens. Os três desceram correndo do coletivo e fugiram na direção do Cais de Santa Rita, na mesma região. Levaram a bolsa e o celular da mulher, que ficou caída no chão do coletivo, ensanguentada. Testemunhas relataram, ainda, que o assalto gerou pânico entre os passageiros, que em sua maioria abandonaram o veículo.

Foto: JC Imagem
Ao tentar evitar a perda da bolsa, a passageira foi esfaqueada no braço direito por um dos homens - Foto: JC Imagem

Provavelmente, toda a investida foi filmada pelas câmeras instaladas nos ônibus da Região Metropolitana do Recife. O Consórcio Conorte não repassou informações sobre o crime. Por nota, disse apenas estar à disposição da polícia para colaborar com as investigações do caso. Não confirmou sequer qual a linha e o horário da investida, nem se o coletivo tinha câmeras para registrar o assalto e identificar os ladrões.

PRISÃO

Pouco tempo depois, a Polícia Militar conseguiu prender os suspeitos. A prisão foi realizada quase por acaso, por PMs do 16º BPM que participavam da Operação Papai Noel, um reforço policial focado no aumento do movimento do comércio do Centro devido às festas de fim de ano. Os suspeitos foram presos e reconhecidos pela vítima, sendo encaminhados para autuação em flagrante por roubo e lesão corporal na Central de Plantões da Polícia Civil.

Segundo informações da seção de comunicação da PM, a corporação foi acionada para a ocorrência do assalto, praticado na Avenida Martins de Barros, no bairro de Santo Antônio. Chegou a fazer incursões pela região em busca dos assaltantes, mas sem sucesso. Próximo dali, nas imediações da Praça Dom Vital, no bairro vizinho de São José, também no Centro da capital, um trio de policiais que participava da Operação Papai Noel, com patrulhamento a pé, visualizou quatro indivíduos em “atitude suspeitas”, próximo ao Mercado São José.

“Após abordagem, foi encontrado na mochila de um deles, um aparelho celular. O homem não soube informar a origem do objeto, muito menos desbloqueá-lo. Ao revistar a mochila, os PMs encontraram uma faca suja de sangue. Todos foram questionados, mas se negaram a prestar qualquer esclarecimento. Entretanto, as testemunhas, passageiras do coletivo, vieram a reconhecer dois dos indivíduos - uma mulher e um homem - como os autores do roubo e da agressão física”, relata a PM por nota.

Diante do reconhecimento, os suspeitos confessaram a participação no crime. A segunda mulher que estaria envolvida no assalto não foi presa e segue foragida. Os suspeitos também foram reconhecidos pela passageira assaltada, através de imagens enviadas pela PM. A vítima relatou que o trio de ladrões teria embarcado no ônibus ainda no Terminal de Santa Rita e investido contra ela momentos depois, aproveitando que o coletivo estava vazio.

 

Comentários

Últimas notícias