FOGUEIRAS

Fogueiras iluminam o Recife na volta do São João de rua

Famílias e amigos voltam a se reunir em volta da fogueira para comemorar o tradicional São João pernambucano

Filipe Farias
Cadastrado por
Filipe Farias
Publicado em 23/06/2022 às 22:14 | Atualizado em 23/06/2022 às 22:27
BETO DLC / JC IMAGEM
Família reunida em torno da fogueira para comemorar o São João - FOTO: BETO DLC / JC IMAGEM
Leitura:

Após dois anos sem comemorar o São João devido à pandemia da covid-19, os pernambucanos voltaram a desfrutar os festejos juninos. Em muitos bairros da Região Metropolitana do Recife, as chamas das fogueiras iluminaram as ruas. Na frente de muitas casas, famílias e amigos se reuniram para escutar um bom forró e comer as comidas típicas de milho. As crianças, numa alegria só, se divertiam acendendo ao lado dos pais os coloridos e contagiantes fogos de São João.

Em Santo Amaro, na região central do Recife, a tradição das fogueiras foi reacesa. "Aqui é um dos poucos locais que se mantém os costumes do São João. Ainda temos uma tradição de acender fogueira, ficar na frente de casa saboreando as comidas típicas da época, coisa que infelizmente não pudemos fazer por conta do coronavírus", declarou o autônomo Alan Cabral, que só sentiu falta das quadrilhas. "Sempre tivemos aqui no bairro desfiles e competições de quadrilhas juninas, mas, esse ano, por ainda estarmos convivendo com a covid-19, acredito que não foi possível realizar".

Já o funcionário público Maurício Carvalho não escondeu a alegria de reviver o clima junino. "Passamos por um período muito triste e difícil na fase mais crítica da pandemia. As pessoas doentes, muitas morreram, outras perderam seus empregos e ficaram sem dinheiro. Mas, graças a Deus, as coisas estão melhorando e já podemos comemorar a principal festa da nossa região. Não tem nada melhor que colocar um bom forró para dançar e assar um milho na fogueira", comemorou.

BETO DLC / JC IMAGEM
A volta do São João de Rua após 02 anos sem. - BETO DLC / JC IMAGEM
BETO DLC / JC IMAGEM
A volta do São João de Rua após 02 anos sem. - BETO DLC / JC IMAGEM
BETO DLC / JC IMAGEM
A volta do São João de Rua após 02 anos sem. - BETO DLC / JC IMAGEM
BETO DLC / JC IMAGEM
A volta do São João de Rua após 02 anos sem. - BETO DLC / JC IMAGEM
BETO DLC / JC IMAGEM
Família reunida em torno da fogueira para comemorar o São João - BETO DLC / JC IMAGEM
BETO DLC / JC IMAGEM
A volta do São João de Rua após 02 anos sem. - BETO DLC / JC IMAGEM
O São João de rua, para muitos, é o ideal para aqueles que preferem curtir os festejos juninos com um toque mais caseiro, longe dos badalados shows de forró, que costuma atrair multidões. "Eu estava com muita saudade desse São João... De ficar em casa com os meus filhos, em família. Poder se reunir na frente de casa, com amigos e vizinhos, uma coisa mais tradicional. Até porque, como a pandemia ainda não acabou, dessa forma mais reservada, conseguimos tomar os devidos cuidados para nos protegermos", enfatizou Bruna Marcela.

Sucesso das comidas típicas de São João

Quem também comemorou o retorno das festas juninas foram os vendedores de comidas típicas de milho. Com a pandemia relativamente controlada, após a vacinação em massa da população, as pessoas saíram às ruas buscando garantir o banquete da noite junina. "Muita gente está parando aqui na minha barraca para comprar pamonha, canjica, pé de moleque, milho assado e cozido. Graças a Deus tenho vendido bastante e, num instante, as comidas se acabam", declarou a autônoma Ivaneide Silva, que é piauiense e disse estar apaixonada pela cultura junina dos pernambucanos.

"Lá no Piauí tem São João, mas não se compara com o daqui de Pernambuco. É muito contagiante a alegria das pessoas. Eu percebo no semblante dos meus clientes a satisfação deles em comemorar essa festa que é tão importante para o Estado", falou Ivaneide.

Procura pelos fogos de São João

Outra coisa que não pode faltar nos festejos juninos são os fogos de artifício. Dos coloridos e silenciosos chuveirinho, vulcão e carrapeta, aos barulhentos e mais potentes como rojão e foguete. "Com a liberação para brincar novamente o São João nas ruas, as pessoas estão procurando bastante por fogos. Vendo bastante traque de massa, palitinho, cobrinha... Dá para tirar um bom dinheiro nesse período", comemorou Maria do Carmo.

Comentários

Últimas notícias