Como veio ao mundo

"Tem um peladão aí", avisa Guedes em videoconferência de Bolsonaro com empresários em que homem aparece tomando banho

Um dos participantes esqueceu de desligar a câmera e foi tomar banho

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 14/05/2020 às 17:47
Notícia
ARQUIVO PESSOAL
O empresário é conselheiro da Fiesp - FOTO: ARQUIVO PESSOAL
Leitura:

Em videoconferência entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ministro da Economia, Paulo Guedes, e empresários do setor industrial, realizada na manhã desta quinta-feira (14), uma cena inusitada chamou a atenção dos participantes. Enquanto eram debatidos temas relativos ao isolamento social, um dos conselheiros da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) esqueceu de desligar a câmera do celular e foi tomar banho. O empresário acabou sendo visto pelado.

>> Após abrir caixão em velório, cinco pessoas da mesma família são contaminadas pelo coronavírus

>>  Divulgação do vídeo da reunião de Bolsonaro com ministros na íntegra é um "ato impatriótico", diz Augusto Heleno

A reunião foi proposta pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf, e tratou de temas econômicos relacionados à retomada das atividades após a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Enquanto Skaf falava, o presidente Bolsonaro o interrompeu e comunicou o que estava vendo: "ô, Paulo [Skaf], tem um colega aí no último quadrinho que tá, saiu fora, tá ok?", disse o presidente. Logo em seguida, o mandatário, se dirigiu a Paulo Guedes, que estava ao seu lado.

>> Ex-ministro da Saúde, Mandetta critica Jair Bolsonaro em entrevista à CNN dos Estados Unidos

Depois de ser comunicado, o chefe da pasta da Economia brincou dizendo que "tem um cara tomando banho aí, peladão. Tem um peladão aí, fazendo isolamento peladão em casa e tal, beleza (risos). O cara foi ficando com calor com a conversa, aí foi tomar um banho frio...", falou Guedes.

"Infelizmente, nós vimos [gargalhadas]. Era um quadro sinuoso, mas nós vimos, infelizmente", continuou Bolsonaro. O caso inusitado foi vazado e divulgado pelo portal de notícia da Globo, o G1.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias