Eleições 2020

Em sabatina na TV Jornal, Mendonça Filho classifica como ''um crime'' motoristas de ônibus também exercerem a função de cobradores

Candidato foi duro nas críticas ao candidato João Campos (PSB) e às gestões socialistas na capital e no Estado. Democrata também usou o espaço para apresentar propostas nas áreas de transporte, mobilidade e várias outras

JC
JC
Publicado em 16/10/2020 às 12:24
Notícia

FOTO: REPRODUÇÃO
Mendonça Filho (DEM) participa de sabatina na TV Jornal - FOTO: FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

.
Eleições 2020 - .

Quinto candidato a prefeito do Recife a ser sabatinado no TV Jornal Meio-Dia, o ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM) classificou como “um crime” o fato de que grande parte dos motoristas de ônibus que circulam na Região Metropolitana também estejam exercendo a função de cobradores, questão que tem sido o mote de vários protestos da categoria. O democrata abordou o tema na manhã desta sexta-feira (16), ao ser questionado pelo jornalista Leandro Oliveira sobre as suas propostas para o transporte público na capital pernambucana.

Segundo Mendonça, suas ideias para esta área vão desde a manutenção das calçadas da cidade, passando pela expansão das ciclovias e ciclofaixas, até chegar aos investimentos na melhoria do transporte coletivo. “Temos que investir forte em transporte público, criar faixas exclusivas de ônibus, resgatar o BRT. Eu sei que o transporte metropolitano é de responsabilidade do Grande Recife Consórcio, mas o prefeito tem que se envolver. O PSB, partido do candidato João Campos, acabou com a meia passagem aos domingos, sucateou o transporte público da cidade do Recife, já anunciou que vai desativar os ônibus articulados que circulam no BRT. Um investimento de mais de R$ 400 milhões que está sendo desativado”, disparou o candidato.

>> Ibope/JC/Rede Globo: Após dividir 1º lugar com João Campos, Mendonça Filho briga pela 2ª colocação no Recife com outras duas candidatas

>> Candidato a prefeito do Recife, Mendonça Filho assume compromisso com programa de jovens aprendizes

>> Trajetória e ideias de Mendonça Filho, candidato a prefeito do Recife pelo DEM

>> Mendonça Filho promete congelar reajustes do IPTU e da Taxa de Lixo por dois anos caso seja eleito prefeito do Recife

Mais adiante, ainda falando sobre o mesmo tema, Mendonça Filho disse ter a intenção de garantir que os ônibus que circulam na cidade tenham ar-condicionado, afirmou que a própria prefeitura tem verbas para investir nessa área, e voltou a endurecer o tom contra a gestão socialista na cidade e no Estado. “(Os gestores do PSB) Enterraram mais de R$ 100 milhões na navegabilidade do Capibaribe, então a gente vai deixar de apresentar projetos faraônicos, midiáticos, e vamos atender à necessidade da população. Cometeram um crime em cima dos cobradores de ônibus, impondo aos motoristas que trabalhem não só como motoristas de transporte urbano, mas também como cobradores. Essa é a lógica do PSB, proteger os empresários de ônibus e não melhorar o transporte público na cidade do Recife”, cravou.

A sabatina com o ex-governador ocorreu apenas um dia após a segunda rodada da pesquisa Ibope/JC/Rede Globo mostrá-lo com 18% das intenções de votos no Recife, 15 pontos percentuais atrás do primeiro colocado no levantamento, João Campos, que teve 33% das menções. Na primeira rodada do estudo, que tinha margem de erro de quatro p.p para mais ou para menos e foi divulgada no dia 2 de outubro, o democrata estava tecnicamente empatado com o socialista, o primeiro com 19% das citações e o segundo com 23%.

Na entrevista, Mendonça fez questão de ressaltar sua experiência na vida pública para convencer o eleitor do Recife de que é a melhor alternativa para governar a cidade pelos próximos quatro anos. "Eu tenho história política, sou ficha limpa e tenho muitos trabalhos realizados pelo Brasil e, especialmente, por Pernambuco. Já fui governador, vice-governador e ministro da Educação, onde deixei muitos legados de realizações nesse campo que transforma a vida dos jovens e das crianças", pontuou o democrata. 

O candidato voltou a falar a respeito da educação quando foi questionado sobre as ações que pretende adotar, se eleito, para diminuir a desigualdade social na capital pernambucana. "O primeiro passo para a redução das desigualdades sociais é o investimento na educação. Para se ter uma ideia, a educação do Recife ocupa a 21ª colocação entre as capitais do Brasil, a gente está no 'rabo da gata', como se diz no popular, no final da fila. Cuidar da educação é cuidar das crianças. A gente não tem vagas em creches, muitas mães querem trabalhar e não têm onde deixar seus filhos", disse, para logo em seguida afirmar que se compromete a criar 10 mil novas vagas em creches durante a sua gestão no Executivo municipal.

Sobre a sua recém-lançada proposta de congelamento do IPTU e da taxa de lixo do Recife por dois anos, Mendonça Filho disse que a receita que deixará de entrar na prefeitura com a ação não causará impactos para a administração. "(O congelamento) Vai trazer um ganho para a cidade. O cidadão recifense não aguenta mais a gestão do PSB, que só faz aumentar a taxação em cima do contribuinte. Hoje o Recife é a cidade do Norte/Nordeste que mais paga imposto por habitante. O IPTU aumentou mais de 80% nos governos do PSB e a taxa de lixo subiu mais de 180%. O pequeno e médio empreendedor sabe do que eu estou falando. O IPTU daqui é mais elevado do que os das cidade de São Paulo, Salvador e Fortaleza", argumentou.

.
Eleições 2020 - FOTO:.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias