Prefeiturável

Trajetória e ideias de Mendonça Filho, candidato a prefeito do Recife pelo DEM

Esse texto será atualizado conforme houver novas participações da candidata nos veículos SJCC e após divulgação do plano de governo

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 29/09/2020 às 17:00
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Mendonça Filho (DEM) busca a Prefeitura do Recife pela segunda vez - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

.
Eleições 2020 - .

José Mendonça Bezerra Filho tem 54 anos e é o candidato do DEM para a Prefeitura do Recife nas eleições deste ano. Ao seu lado, a deputada estadual Priscila Krause foi escolhida para concorrer a vice na chapa formada pelo Democratas, PSDB, PTB e PL. Priscila foi candidata a prefeita do Recife nas eleições de 2016.

>> Reveja participação do candidato em programas do SJCC:

Filho do ex-deputado federal José Mendonça (falecido em 2011), ele assumiu o seu primeiro cargo público em 1986, aos 20 anos, quando foi eleito deputado estadual pelo PFL. Em 1990, reelegeu-se para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), mas cerca de um ano depois se afastou do cargo para assumir a Secretaria Estadual de Agricultura no governo de Joaquim Francisco (1991-1995), posto que ocuparia até 1993, quando retornou à Alepe.

Na eleição seguinte, em 1994, concorreu a uma vaga na Câmara dos Deputados e venceu o pleito. Durante seu primeiro mandato como deputado federal, Mendonça Filho ficou conhecido por ser o autor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que viria a permitir a reeleição para os ocupantes de cargos no Executivo.

 

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Mendonça Filho e Priscila Krause tiveram suas candidaturas homologadas na quarta-feira (16/09) - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

No ano de 1998, com a coligação União por Pernambuco já formalizada e reunindo no mesmo palanque os antigos rivais PMDB e PFL, Mendonça foi o candidato a vice-governador na chapa de Jarbas Vasconcelos (PMDB). Eleito naquele ano e novamente em 2002, só deixou o cargo em março de 2006 para assumir o Executivo estadual, quando Jarbas se afastou do mandato para concorrer ao Senado. Ele chegou a disputar a eleição naquele ano para manter-se no Palácio do Campo das Princesas, mas perdeu para Eduardo Campos (PSB).

>> Confira as notícias do JC sobre Mendonça Filho

A primeira disputa de Mendonça para a Prefeitura do Recife ocorreria em 2008, mas ele novamente sofreu uma derrota nas urnas, desta vez para o petista João da Costa. Em 2010 foi eleito deputado federal mais uma vez, agora no DEM, partido que substituiu o PFL. No ano de 2014 concorreu à reeleição e manteve-se no Congresso.

Após o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) em 2016, processo em que Mendonça foi bastante atuante, o democrata foi escolhido pelo presidente Michel Temer (MDB) como ministro da Educação, posto que ocupou por aproximadamente dois anos. Em 2018 concorreu ao Senado, mas ficou em terceiro lugar na disputa e não conseguiu eleger-se. De lá para cá, atuou junto à Unesco e como consultor da Fundação Lemann.

Confira o plano de governo do candidato:

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
MAJORITÁRIA Mendonça Filho e Priscila Krause, candidata a vice na chapa, traçaram quatro eixos que vão nortear as promessas de campanha - FOTO:ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
.
Eleições 2020 - FOTO:.

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias