Eleições

Eduardo Bolsonaro sinaliza apoio ao irmão de Alcolumbre na eleição em Macapá

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) está apoiando a Josiel Alcolumbre (DEM) no segundo turno da eleição para prefeito em Macapá

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 19/12/2020 às 16:30
LULA MARQUES/FOTOS PÚBLICAS
O deputado federal Eduardo Bolsonaro sinalizou nas redes sociais que vai apoiar o irmão de Davi Alcolumbre nas eleições para prefeito de Macapá - FOTO: LULA MARQUES/FOTOS PÚBLICAS
Leitura:
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sinalizou apoio a Josiel Alcolumbre (DEM) no segundo turno da eleição para a prefeitura de Macapá (AP), que ocorre neste domingo, 20. O candidato é irmão do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e enfrenta na disputa Dr. Furlan (Cidadania). A eleição em Macapá está ocorrendo diferente das demais por causa do apagão que deixou a cidade no escuro por muitos dias. Davi Alcolumbre articula o apoio a um candidato para sucedê-lo no comando da Casa, depois que a possibilidade de ele concorrer à reeleição foi vetada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
"De um lado Josiel. Do outro Dr. Furlan do Cidadania (dissidência do PCB) apoiado pelo 'senador DPVAT' Randolfe Rodrigues da REDE, mais o PSB, partido que via Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a isenção de imposto de importação de armas", escreveu Eduardo em sua conta oficial no Twitter. "Quem apoia Bolsonaro já sabe", acrescentou.
O segundo turno entre Josiel e Dr. Furlan ocorre quase um mês após o fim das eleições municipais porque o pleito foi adiado em virtude da crise no abastecimento de energia do Amapá. No primeiro turno, o irmão do presidente do Senado liderou com 29% dos votos, enquanto o adversário somou 16%.
De acordo com pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira, 17, Dr. Furlan tem 56% dos votos válidos no segundo turno e Josiel soma 44%. A sondagem, encomendada pela Rede Amazônica, tem nível de confiança de 95% e margem de erro de quatro pontos, para mais ou para menos. Foram ouvidos 602 eleitores de Macapá entre os dias 15 e 17 de dezembro.
 

Últimas notícias