CÂMARA DOS DEPUTADOS

Parlamentares pernambucanos repercutem eleição de Lira à presidência da Câmara

Aliados e opositores falaram sobre a importância do Poder Legislativo independente

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 02/02/2021 às 0:24
GUSTAVO LIMA/CÂMARA DOS DEPUTADOS
"Espero que a Casa volte a ser a Casa do "nós", que os deputados passem a ter maior protagonismo, esse protagonismo hoje está centrado no presidente da Câmara e de alguns poucos líderes", disse André de Paula - FOTO: GUSTAVO LIMA/CÂMARA DOS DEPUTADOS
Leitura:

Preferido pela maioria dos deputados da bancada federal pernambucana, o deputado federal Arthur Lira (PP-AL) teve sua vitória para a presidência celebrada por seus aliados. Em Pernambuco, segundo levantamento publicado pelo JC, no último domingo (31), o parlamentar alagoano obteria 13 votos declarados publicamente, contra 11 votos oficiais a favor do seu concorrente, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP)

>>Arthur Lira defende neutralidade na presidência da Câmara e diálogo com parlamentares

>> Com apoio de Bolsonaro, Arthur Lira é eleito presidente da Câmara em primeiro turno

“A construção política que foi feita em torno da candidatura de Arthur Lira, ela foi tão sólida, ele exerce uma liderança tão forte que já no começo da semana estava claro que ele tinha toda a chance de ganhar”, afirmou o deputado federal pelo PSD, André de Paula. Ele, inclusive, se candidatou para ocupar a 2ª vice-presidência da Mesa Diretora, neste biênio 2021/2022.

Ainda segundo o pessedista, a vitória de Lira representa o retorno do protagonismo da Câmara dos Deputados. “Matérias que são fundamentais para a recuperação econômica do país, voltarão a ser pautadas, isso é compromisso do presidente”, declarou André, citando também as reformas tributárias e administrativas como prioridades. “A pauta voltará a ser feita nas semanas que antecedem sua votação, em reuniões que ocorram de forma regular e todos os líderes presentes”, finalizou.

Da ala dos deputados que defendiam a candidatura do MDB, o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) afirmou que a eleição de Arthur Lira será uma oportunidade dele mostrar que “o apoio de Bolsonaro não vai comprometer a independência do Poder Legislativo”, que seria fundamental em uma democracia. Nas palavras do socialista, o discurso feito anteriormente por Baleia Rossi, tocou exatamente no que deveria ser a fragilidade da postulação do progressista. "O apoio de Bolsonaro e a pressão, de todas as formas, que ele exerceu sobre determinados extratos da Câmara, inclusive com alguns mecanismos pouco republicanos”, declarou.

O deputado federal Carlos Veras (PT), utilizou as redes sociais para parabenizar Lira e também pontuou esperar que o novo presidente “preserve a autonomia do parlamento” neste momento. “Também cumprimentou Rodrigo Maia, que conduziu e deu protagonismo à Casa durante uma das maiores crises do país”, declarou o petista, cujo partido integrou o bloco de oposição junto ao PSB, PDT, PCdoB e Rede, em apoio à Baleia Rossi.

Comentários

Últimas notícias