Ex-presidente da Câmara

Maia elogia Lula e diz que Bolsonaro é um ''acidente da história''

Lula respondeu e disse estar aberto a conversar com Maia

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 10/03/2021 às 15:37
Notícia
MICHEL JESUS/CÂMARA DOS DEPUTADOS
Rodrigo Maia, ex-presidente da Câmara dos Deputados - FOTO: MICHEL JESUS/CÂMARA DOS DEPUTADOS
Leitura:

Ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) aproveitou o pronunciamento de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta quarta-feira (10), para destacar diferenças entre o petista e o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

No Twitter, Maia disse que não é preciso gostar do ex-presidente para entender a diferença dele para Bolsonaro. “Um tem visão de país; o outro só enxerga o próprio umbigo. Um defende a vacina, a ciência e o SUS; o outro defende a cloroquina e um tal de spray israelense”, iniciou o deputado. “Um defende uma política externa independente; outro defende a subserviência. Um defende política ambiental; outro a política da destruição. Um respeita e defende a democracia; o outro não sabe o que isso significa”, escreveu.

O ex-presidente da Câmara ainda exaltou que o petista, além de ter disputado quatro eleições, fundou um partido. Sobre Bolsonaro, o deputado afirmou que o atual presidente é um “acidente da história”. “Tenho grandes diferenças com o Lula, principalmente na economia, mas não precisa ser petista fanático para reconhecer a diferença entre o ex-presidente e o atual”, finalizou.

>> Lula: vou tomar vacina e dizer para povo não seguir decisão imbecil de Bolsonaro

>> ''Minha cabeça não tem tempo para pensar em candidatura de 2022'', diz Lula

>> 'Fui vítima da maior mentira jurídica contada em 500 anos de história', diz Lula

>> Pesquisa aponta Bolsonaro 10 pontos à frente de Lula na disputa de 2022, diz CNN

Lula

Durante a entrevista, Lula foi questionado sobre a fala de Maia e sobre a possibilidade de alianças com pessoas fora do espectro de esquerda. Ele disse que Maia já o criticou no passado, mas agradeceu a fala e disse ficar aberto ao diálogo. "Eu seria o maior antidemocrático do mundo se eu fosse ficar chateado com uma declaração de Rodrigo Maia em relação a mim. Eu já conheci o Rodrigo Maia fazendo duras críticas a mim. Se ele fala bem de mim agora, obviamente eu fico lisonjeado. Mas não posso ficar julgando pelo que as pessoas falam pelo Twitter", comentou. "Se o Rodrigo Maia, que é ex-presidente da Câmara, resolveu reconhecer algum mérito do que eu fiz nesse país, obviamente eu fico agradecido. E, se for necessário, eu converso com Rodrigo Maia. Eu sou um homem que converso com todo mundo", ponderou.

Se Rodrigo Maia agora constrói uma nova visão politica, se quer ter novos parceiros e quiser conversar, não tenha dúvida. Qualquer pessoa que queira falar sobre vacina, democracia, auxílio emergencial e empego, conversamos. E se ele der um passo a mais de como tirar o Bolsonaro, estou mais feliz ainda.
Lula sobre Rodrigo Maia

Comentários

Últimas notícias