SENADO

Presidente da CPI da Covid chama Bolsonaro de 'agressor de mulheres'

Bolsonaro enfrenta desgaste na comissão e é acusado de cometer crime de prevaricação

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 13/07/2021 às 20:25
Notícia
PEDRO FRANÇA/ AGÊNCIA SENADO
O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Omar Aziz (PSD-AM) - FOTO: PEDRO FRANÇA/ AGÊNCIA SENADO
Leitura:

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), devolveu os ataques do presidente Jair Bolsonaro à comissão e afirmou que o chefe do Planalto é "agressor de mulheres" e um "péssimo presidente". Bolsonaro enfrenta desgaste na comissão e é acusado de cometer crime de prevaricação na compra da vacina indiana Covaxin.

O comentário de Aziz foi feito durante sessão da CPI, nesta terça-feira, 13, após o presidente da comissão ter recebido críticas por ordenar a prisão do ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias, na semana passada. Integrantes da tropa de choque do Planalto acusaram o senador de cometer abuso de autoridade. Após a ordem de prisão, o ministro da Defesa, Braga Netto, e os comandantes das Forças Armadas assinaram uma nota de repúdio criticando o presidente da CPI por declarações dadas anteriormente.

"Abuso de autoridade são as mortes, é a omissão, é ser complacente com um governo que não tem um milímetro de solidariedade, um presidente que é incapaz de ser solidário aos brasileiros, um presidente que abre a boca para assacar contra quem se contraponha a ele", disse Aziz nesta terça-feira, 13. "É uma pessoa que não tem sensibilidade, agressor de mulheres, gosta de gritar com as mulheres, mas adora andar de moto. Grande motoqueiro o Brasil tem, péssimo Presidente o Brasil tem."

Comentários

Últimas notícias