Novo Bolsa Família

Ministro da Cidadania: Estavam previstos R$ 18 bi de acréscimo para 2022 no Auxílio Brasil

"O que nós visamos com as reuniões com o Ministério da Economia é encontrar fontes do Orçamento que façam jus ao incremento", disse o ministro

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 09/08/2021 às 15:20
ANA NASCIMENTO/CCE
o presidente Jair Bolsonaro enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei que remaneja recursos do Bolsa Família para o novo programa Auxílio Brasil - FOTO: ANA NASCIMENTO/CCE
Leitura:
O ministro da Cidadania, João Roma, disse que a previsão é adicionar ao novo programa Auxílio Brasil, anunciado na manhã desta segunda-feira, 9, em medida provisória, cerca de R$ 18 bilhões, além dos atuais R$ 35 bilhões, previstos para o Bolsa Família.
Durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto, Roma informou que a pasta ainda não definiu qual será o benefício médio do programa, valor que deverá ser anunciado em setembro. "O que nós visamos com as reuniões com o Ministério da Economia é encontrar fontes do Orçamento que façam jus ao incremento", disse o ministro.
"Para o ano de 2021, teríamos como fazer jus a esse incremento orçamentário assim como a ampliação do número de beneficiários através de sobra de recursos do Bolsa Família visto que as parcelas do Auxílio Emergencial deixaram de executar parte dos recursos do Bolsa Família", completou.
 

Últimas notícias