ENCONTRO

O que será discutido na reunião dos empresários com Bolsonaro em Pernambuco? Veja o que se sabe até agora

Segundo empresários ouvidos pelo JC, o objetivo do encontro é ampliar a interlocução com o grupo

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 02/09/2021 às 12:25
Notícia
Alan Santos/PR
Bolsonaro durante discurso a empresários de Chapecó (SC) - FOTO: Alan Santos/PR
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chega ao Recife nesta sexta-feira (3) para uma série de compromissos. Entre eles, o mandatário irá se reunir com empresários pernambucanos em um hotel na Zona Sul da capital pernambucana. Os convidados e a pauta do encontro não foram divulgados pelo Palácio do Planalto, mas entidades afirmam que preparam documentos com demandas do Estado para o presidente.

Segundo empresários ouvidos pelo JC, o objetivo do encontro é ampliar a interlocução com o grupo, além de discutir sobre as reformas econômicas propostas pelo governo federal, como a administrativa e, principalmente, a tributária, que foi fatiada para tramitar no Congresso. A agenda com empreendedores locais, somada à realização de motociatas, tem sido a práxis das incursões de Bolsonaro pelo país.

Uma das organizações empresariais que devem marcar presença no encontro é a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe). A entidade pretende entregar um documento ao chefe do Poder Executivo nacional com alguns pleitos locais, como a ferrovia Transnordestina, a Escola de Sargentos do Exército, além de outras obras de infraestrutura.

Outra entidade que já confirmou participação no evento foi a Associação de Empresários Brasileiros (AEBr). A organização chega ao encontro com a expectativa de poder apresentar ao presidente Jair Bolsonaro os problemas enfrentados pelo empresariado em Pernambuco. A Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) também terá um representante na reunião: o presidente do Conselho Superior Deliberativo, Franco Vasconcelos.

Em um encontro separado, o grupo multissetorial Atitude Pernambuco também entregará ao presidente da República uma carta com cobranças ao Governo Federal pelo destravamento de obras de infraestrutura estratégicas para o Estado e o Nordeste, como a construção do Arco Metropolitano e a recuperação da BR-232. A entidade também pede a recuperação da autonomia do Porto de Suape, entre outros pontos.

Fora do encontro

O Grupo de Líderes Empresariais (Lide) de Pernambuco, o Sebrae-PE e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco (Fecomércio-PE) não participarão da reunião. Segundo a assessoria da entidade do segmento de comércio, seu presidente deve participar apenas da cerimônia de passagem do novo comandante Militar do Nordeste, no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife, às 20h.

Comentários

Últimas notícias