Covid-19

Presidente da Caixa testa positivo para a covid-19 e chega a quatro número de casos em comitiva de Bolsonaro

Guimarães informou que está assintomático e que permanecerá trabalhando em casa

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 26/09/2021 às 17:49
Notícia
Marcelo Camargo/Agência Brasil
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, durante anúncio de avanços no programa federal de habitação, o Casa Verde e Amarela. - FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que também integrou a comitiva presidencial à 76ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York, confirmou que testou positivo para a covid-19. Guimarães informou que está assintomático e que permanecerá trabalhando em casa. 

Outros três ministros que também integraram a comitiva presidencial informaram hoje que testaram negativo para a covid-19. Pelas redes sociais, o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos; o ministro do Turismo, Gilson Machado, e o ministro da Justiça, Anderson Torres, confirmaram que não foram infectados. 

Mais cedo, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República confirmou que o presidente Jair Bolsonaro também testou negativo. O exame foi realizado na manhã de hoje (26), no Palácio da Alvorada. O teste foi feito em função da viagem do presidente aos Estados Unidos para participar da 76ª Assembleia Geral da ONU.

Na terça-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que integrou a comitiva, testou positivo para a covid-19. Queiroga cumpre quarentena em um hotel em Nova York. No discurso de abertura na ONU, Bolsonaro disse que o Brasil está trabalhando na atração de investimentos da iniciativa privada e que possui “tudo o que investidor procura: um grande mercado consumidor, excelentes ativos, tradição de respeito a contratos e confiança no nosso governo”.

Além de fazer o discurso de abertura, o presidente se encontrou com o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Boris Johnson, para tratar das relações comerciais entre os dois países e o fortalecimento da parceria bilateral, e com o presidente da Polônia, Andrzej Duda, para tratar, entre outros temas, do acordo Mercosul-União Europeia.

Últimas notícias