ENCONTRO

Moro se reúne com ACM Neto em estratégia para garantir União Brasil no seu palanque em 2022

Legenda a ser criada a partir da fusão entre DEM e PSL ainda está divida em relação ao ex-juiz e ex-ministro de Bolsonaro

Marcelo Aprígio
Cadastrado por
Marcelo Aprígio
Publicado em 16/11/2021 às 7:51
SERGIO LIMA
QUEIXA Moro criticou Supremo por anular decisões, como a dele, que condenou o hoje adversário Lula - FOTO: SERGIO LIMA
Leitura:

O ex-juiz Sergio Moro, recém-filiado ao Podemos, reuniu-se com o presidente do DEM, ACM Neto, pouco depois do evento que oficializou sua entrada no antigo PTN, na última quarta-feira (10). No menu da conversa, o hoje pré-candidato à Presidência da República discutiu o apoio do partido do ex-prefeito de Salvador à sua empreitada eleitoral em 2022. As informações são da Folha de S.Paulo.

O encontro faz parte das estratégias do Podemos para atrair o União Brasil, partido a ser criado a partir da fusão entre DEM e PSL, para engrossar os apoios e o tempo de televisão a que o ex-magistrado terá direito na campanha.

Moro divide União Brasil

O tema, porém, divide o União Brasil. Isso porque a cúpula do PSL tem evitado encontros com Moro para não indicar apoio antes da hora. Além disso, há quem defenda só apoiá-lo caso ele se filie ao União Brasil.

Por outro lado, importantes nomes do DEM avaliam que o ideal seria não ter o ex-juiz na legenda para não contaminar os palanques de candidatos aos governos estaduais.

Desta maneira, a decisão sobre aliança do União Brasil com o ex-juiz só deverá ser tomada mais à frente e dependerá da performance dele nas pesquisas eleitorais, mas não é vista como improvável no futuro partido.

Comentários

Últimas notícias