'Esse Menino': Humorista satiriza e-mails da Pfizer a Bolsonaro

Gabriela de Andrade
Gabriela de Andrade
Publicado em 11/06/2021 às 10:54
Roteirista e humorista -'Esse Menino' (Foto: Reprodução/Instagram)
Roteirista e humorista -'Esse Menino' (Foto: Reprodução/Instagram)
Leitura:

Nesta quinta-feira (10), o humorista Esse Menino viralizou nas redes sociais após publicar vídeo de sátira sobre os e-mails da Pfizer que não foram respondido pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo investigação feita na CPI da Covid, a maior parte das 81 mensagens da Pfizer destinadas ao governo federal ficou sem respostas. Principalmente as mensagens que ofereciam a possibilidade de o Brasil adquirir a vacina contra a Covid-19.

LEIA TAMBÉM
> Após discurso de Bolsonaro, famosos pedem o uso de máscara

No vídeo, o funcionário fictício da Pfizer vai ficando mais irritado e irônico conforme não recebe nenhuma resposta de Bolsonaro. “Diga lá, Naro. Não tivemos notícias suas”, reclama.

A pronúncia acentuada da marca Pfizer, feita pelo humorista ficou na cabeça das pessoas e “PIFAIZER” foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter.

LEIA TAMBÉM
Ana Maria Braga critica governo por falta de vacina: “Quantos poderiam estar aqui?”

Últimas notícias