CONFIRA

Bruna Linzmeyer relata lesbofobia de psicanalista: "Parei até de escrever"

A atriz passou quatro anos com a profissional

Ana Anjos
Ana Anjos
Publicado em 14/09/2021 às 17:56 | Atualizado em 14/09/2021 às 17:59
Foto: Instagram/@brunalinzmeyer/Reprodução
Com pelos nas axilas à mostra, atriz falou sobre liberdade em seu perfil no Instagram - FOTO: Foto: Instagram/@brunalinzmeyer/Reprodução
Leitura:

Foi durante quatro anos que Bruna Linzmeyer passou por situações lesbofóbicas dentro de um consultório de psicanálise. Sua antiga anlista a afirmava que ela "não é lésbica" e que "é uma fase". Essa pequenas frases a afetou de uma forma que a atriz, aos 28 anos, não tem a mesma confiança de antigamente.

Em uma entrevista ao GLOBO, na série 'Entrevista na janela', Bruna Linzmeyer, que atualmente namora a DJ Marta Supernova, contou: "Quando vi, eu não dançava mais, não bebia, não amava. Parei até de escrever. Ela me fez duvidar de mim, da minha escolha, do meu desejo".

A atriz, que é ativista na causa LGBTQIA+, constrói uma rede de "cultura sapatão". Ao ser perguntada o que seria esse termo, ela declara: "Quais são as piadas das quais só a gente ri? Como vemos o mundo? Como nossa vivência pode ser interessante para o mundo no momento que não tem um homem aqui, para além da nossa sexualização, de duas mulheres se beijando? Ser sapatão não é só uma orientação, é também uma identidade. Para além de sexo e romance é uma identificação cultural, um pertencimento emocional, um lugar no mundo."

Comentários

Últimas notícias