Homofobia

Igor Cosso releva ter sido ameaçado antes de se assumir gay

Um jornalista chegou a dizer que iria expor a orientação sexual do ator

Ana Anjos
Ana Anjos
Publicado em 26/10/2021 às 13:42 | Atualizado em 26/10/2021 às 13:42
O ator Igor Cosso trabalha atualmente na Globo (Foto: Reprodução/Instagram)
O ator Igor Cosso trabalha atualmente na Globo (Foto: Reprodução/Instagram)
Leitura:

Após revelar seu relacionamento com um homem, Igor Cosso falou novamente sobre as consequências que sofreu após ter se assumido gay, como a perda de seguidores e ataques. Em uma entrevista ao Splash, o ator contou sobre a ameaça que sofreu antes de mostrar seu afeto pelo namorado.

Agora, Igor Cosso confessou se sentir livre e que vem aprendendo a lidar com a repercussão do relacionamento. Anteriormente, quando falava sobre perder os seguidores, não era o que de fato incomodava o artista e, sim, o motivo de uma foto de afeto de dois homens incomodar o público. Inclusive, ele chegou a receber mensagens como "ser gay, tudo bem, mas postar beijo é demais".

Em seguida, o ator de 'Salve-se Quem Puder', da Globo, contou sobre a ameaça: “Tinha muito medo de perder trabalho, a maioria [dos atores gays] tem. Para o homem é ainda mais complicado. Por isso fiquei tanto tempo sem falar sobre. Desde os meus 18 anos já tinha namorado um homem, e nunca falei. Morria de medo mesmo. Situações que só eu sei, até de jornalista ficar sabendo [sobre ser gay] e me ameaçar”.

Mas, quando passou o medo de falar da sua orientação sexual, Igor Cosso viu que as coisas melhoraram. Agora, ele faz muito mais publicidades e ganhou seguidores após perder. De acordo com ele, as pessoas se identificam mais com a sua pessoa por saberem quem realmente é. Quando mais novo, o artista não teve representatividade de atores e artistas homens que falassem sobre ser gay. "Hoje, recebo muitas mensagens de garotos que querem se sentir livres para viver a verdade deles. Consigo ajudar, e quero ser essa representatividade cada vez mais. Publico fotos hoje sabendo disso”, desabafou.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias