Proibido mau humor

Rio de Janeiro decreta o "Dia do Humor" no aniversário de Paulo Gustavo

A ideia é homenagear a vida do humorista

Agnes Vitoriano
Agnes Vitoriano
Publicado em 26/10/2021 às 18:10
Notícia
Paulo Gustavo - Foto: reprodução
Paulo Gustavo - Foto: reprodução
Leitura:

O estado do Rio de Janeiro agora tem o "Dia do Humor". A data escolhida pelo governador Claudio Castro foi o aniversário de Paulo Gustavo — 30 de outubro—, que morreu vítima da Covid-19 em março deste ano. Além do dia, foi sancionada uma nova lei em homenagem ao ator.

O projeto é de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), o deputado André Ceciliano (PT). No texto, "Fica banido o mau humor, a partir da publicação da presente Lei, especialmente, na data de que trata o artigo 1º [30 de outubro]."

Com a lei, os deputados deverão fazer uma sessão solene em todo Dia do Humor em homenagem aos artistas que vivem do gênero.

"Nosso objetivo é eternizá-lo no calendário oficial do Estado do Rio de Janeiro e promover uma celebração ao ato de fazer rir, reconhecendo a importância que a comédia tem na vida dos cidadãos fluminenses e a sua potência para transformar o mundo e as pessoas para melhor. Paulo conseguia, por meio do riso, levar uma mensagem de tolerância e respeito", afirmou Ceciliano.

Paulo Gustavo

O humorista querido por todo o Brasil foi mais uma das, até o presente momento, 606 mil pessoas que vieram a morrer em decorrência da Covid-19. A perda do artista foi sentida em diversas categorias e sua mãe, Déa Lúcia, chegou a ser chamada para participar da cerimonia de encerramento da CPI da Covid, que investiga a atuação dos governos na pandemia.

Comentários

Últimas notícias