DANÇA

16ª Mostra Brasileira de Dança retoma edições presenciais no Recife a partir do próximo sábado

A Mostra Brasileira de Dança acontece no Recife entre os dias 11 e 19 de dezembro

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 06/12/2021 às 16:08 | Atualizado em 31/12/1969 às 21:00
Divulgação
16ª Mostra Brasileira de Dança - FOTO: Divulgação
Leitura:

A 16ª edição da Mostra Brasileira de Dança (MBD) acontece, de forma presencial, seguindo todos os protocolos sanitários da Covid, de 11 a 19 de dezembro de 2021, nos Teatro do Parque, Teatro Santa Isabel e Teatro Luiz Mendonça. Na estreia, no dia 11, a Mostra apresenta o espetáculo “As canções que você dançou pra mim”, da Focus Cia de Dança, do Rio de Janeiro, inspirado na beleza e no encanto das canções de Roberto Carlos. Em seguida, no dia 12, tem “Bichos Dançantes”, um espetáculo infantil também produzido pela Focus. No dia 15, o Grupo Experimental, do Recife, apresenta “Conceição em Nós”. No dia 16, é a vez do grupo Destramelar exibir “DNA do Frevo”, e no dia 17, Marcus Katu Buiati e Edson Beserra, de Brasília, apresentam “Velejando Desertos Remotos”.

Finalizando a Mostra, no dia 19, acontece uma novidade: a Noite de Gala. O evento é uma forma de apoiar e incentivar a presença das academias de dança da cidade durante a Mostra. O Ballet Cláudia São Bento abre a noite com a “Suíte do Ballet Coppélia”, acompanhado, em seguida, da apresentação do grupo Endança, que exibe a “Suíte ao Ar” e, finalizando a noite, a Companhia de Dança Fátima Freitas apresenta “O Quebra Nozes II Ato”. Os ingressos para os espetáculos podem ser adquiridos no Sympla e custam R$ 30 e R$15, a meia-entrada, ou nos teatros, duas horas antes de cada apresentação. Vale ressaltar que o evento ainda vai contar com três workshops gratuitos.

Os diretores da MBD, Iris Macedo e Paulo de Castro, comemoram o retorno presencial do evento. “Estamos muito felizes em proporcionar essa retomada da Mostra, que é um evento muito importante para toda a sociedade e para a classe artística. Trouxemos obras leves, bonitas e descontraídas porque entendemos que, nesse momento, o público precisa voltar a sonhar com dias melhores. E fazer a estreia no Teatro do Parque, que foi restaurado e entregue à sociedade recentemente, é muito representativo e emocionante”, destaca Iris.

Abaixo, segue a programação:

As canções que você dançou pra mim: 11/12 (sábado), sessão única (20h), no Teatro do Parque;
Bichos Dançantes: 12/12 (domingo), sessões às 11h e às 16h, no Teatro do Parque;
Conceição em Nós: 15/12 (quarta-feira), sessão única (19h), no Teatro do Parque
DNA do Passo: 16/12 (quinta-feira), sessão única às 20h, no Teatro Luiz Mendonça;
Velejando Desertos Remotos: 17/12 (sexta-feira), sessão única às 20h, no Teatro Luiz Mendonça;
Suíte do Ballet Coppélia - Ballet Cláudia São Bento: 19/12 (domingo), sessão única (18h30), no Teatro de Santa Isabel.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias