CHOCANTE

Policia investiga como jovem invadiu castelo para 'assassinar' rainha Elizabeth II no Natal

Invasor tem 19 anos e foi encaminhado a um hospital psiquiátrico depois de ser encontrado no castelo

Gabriela Andrade
Gabriela Andrade
Publicado em 27/12/2021 às 10:10 | Atualizado em 27/12/2021 às 12:24
Divulgação
A Rainha Elizabeth II passou o Natal em sua residência, o Castelo de Windsor - FOTO: Divulgação
Leitura:

Rainha Elizabeth II, 95 anos, correu risco de vida durante o Natal. A polícia do Reino Unido está investigando um vídeo em que um homem apareceu segurando uma arma no Castelo de Windsor, local onde a monarca vive.

As imagens obtidas pelo jornal britânico The Sun, mostra uma pessoa mascarada com um capuz e máscara segurando um arco que dispara flechas e é acionado por gatilho, no dia de Natal. Nas filmagens, o homem em questão aparece falando para a câmera que queria 'assassinar a rainha' em uma missão de 'vingança'.

"Sinto muito pelo que fiz e pelo que vou fazer. Vou tentar assassinar a rainha Elizabeth", teria tido o homem no vídeo que buscava se vingar de um massacre cometido em 1919 por tropas britânicas contra manifestantes na Índia.

A Scotland Yard - Polícia Metropolitana de Londres - confirmou que os detetives estavam "avaliando a autenticidade do conteúdo de um vídeo" após a prisão de um jovem de 19 anos da cidade de Southampton. A identidade do homem não foi revelada. O Palácio de Buckingham também não se pronunciou sobre o assunto.

O jovem foi preso por volta das 8h30 (5h30 no horário de Brasília) no dia de Natal e inicialmente detido por suspeita de violação ou invasão de um local protegido e posse de uma arma ofensiva. No domingo (26), ele foi encaminhado a um hospital psiquiátrico depois de ser encontrado no castelo.

Além da rainha Elizabeth II, estava no Castelo de Windsor para o Natal, o príncipe Charles e sua esposa, Camilla, a duquesa de Cornualha, assim como com seu filho mais novo, príncipe Edward, o conde de Wessex e sua esposa Sophie, a condessa de Wessex.

Invasão anterior

As tentativas de invasão em Windsor ou no Palácio de Buckingham, residência habitual da Rainha II, localizada no coração de Londres, já aconteceram antes.

O caso mais conhecido ocorreu em 1982, quando um homem de 30 anos, chamado Michael Fagan, conseguiu entrar no quarto da Rainha enquanto ela ainda estava na cama.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias