DESRESPEITO

KLARA CASTANHO: enfermeira e marido tentaram vender informações para jornalistas; saiba detalhes

O casal entrou em contato com emissoras de televisão para fazer com que o caso fosse revelado

Rayane Domingos
Rayane Domingos
Publicado em 27/06/2022 às 11:51
Reprodução/Instagram
A atriz Klara Castanho - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

*Aviso: essa matéria pode ser sensível para algumas pessoas

O nome de Klara Castanho dominou as redes sociais neste último fim de semana. A atriz de 21 anos foi vítima de mais uma violência após Léo Dias e Antônia Fontenelle expor sobre a sua gravidez, fruto de um estupro. 

Mas antes de ter a vida escancarada pelos dois, ela passou por várias dificuldades ainda no hospital. O médico tentou fazer com que ela interagisse com o bebê, mesmo sabendo do abuso que ela sofreu.

O pior ainda estava por vir: uma enfermeira insinuou que caso algum jornalista soubesse da notícia iria ser pior. Ela relata que ainda estava anestesiada quando foi coagida.

Enfermeira tentou vender as informações

Segundo informações do Notícias da TV, a mulher e o marido, que não tiveram o nome divulgados, tentaram vender a informação.

Eles procuraram jornalistas da RedeTV e da Record TV para investigar o assunto. Léo Dias também foi procurado. Um profissional relatou que não se pode pagar para ter, ou não, uma notícia.

"Esposa era enfermeira de um hospital e que tinha uma bomba da Klara Castanho. Queria dinheiro", dizia ele irritado.

COREN-SP se pronuncia sobre o caso

O COREN (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo) se pronunciou sobre o assunto nesse domingo (26). Eles afirmaram que a conduta da mulher foi antiética.

Eles ressaltaram ainda que "seguirá os ritos e adotará os procedimentos necessários para a devida investigação, como ocorre em toda denúncia sobre o exercício profissional".

Comentários

Últimas notícias