Processo

GUSTTAVO LIMA: o cantor se mete em mais uma polêmica envolvendo a justiça; entenda

Cantor é acusado de dar um calote em torno de R$68 mil

Clara Nilo
Clara Nilo
Publicado em 30/06/2022 às 15:56 | Atualizado em 30/06/2022 às 16:27
Reprodução/Instagram
Assistir o show de Gusttavo Lima era o sonho da prefeita de Teolândia, interior da Bahia - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Mais uma vez, o nome de Gusttavo Lima está envolvido em uma polêmica, dessa vez sobre um um suposto calote que o sertanejo teria dado.

O calote teria sido em uma empresa que prestou serviços para o cantor ao instalar equipamentos em sua mansão.

Segundo a colunista Fábia Oliveira, do portal Em Off, Gusttavo e sua empresa "Balada Eventos", estão sendo processados por não terem pago pelos serviços prestados.

A defesa do cantor, porém, afirma que as provas são insuficientes e pede a extinção do processo.

Relembre

Gusttavo Lima se envolveu em polêmicas relacionadas aos seus altos cachês nos shows pagos por dinheiro público. Ele teve até um show cancelado na Bahia, pelo qual ia receber mais de R$700 mil.

O Ministério Público da Bahia, então, se manifestou. 

"Não é possível que o mesmo município, que informou necessitar de ajuda e recursos para salvaguardar a sua população de catástrofe natural, mesmo vivenciando um estado de calamidade televisionado para o Brasil inteiro, anuncie, em poucos meses, a contratação de artistas com cachês incompatíveis com as dimensões, arrecadações, necessidades de primeira monta e saúde financeira do município", foi um trecho da justificativa.


Comentários

Últimas notícias