Negócios

LG Electronics anuncia que deixará negócio de smartphones até o fim de julho

Empresa sul-coreana disse que a unidade será desmantelada até o dia 31 de julho, embora o estoque atual de aparelhos possa ainda estar disponível para venda depois desse período

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 05/04/2021 às 10:19
Notícia
Pixabay
LG anunciou que não produzirá mais smatphones - FOTO: Pixabay
Leitura:
A LG Electronics vai fechar sua unidade de smartphones nos próximos meses, como já se especulava há algum tempo, para concentrar esforços em negócios de crescimento mais rápido.
 
Em comunicado divulgado na noite deste domingo, 4, a empresa sul-coreana disse que a unidade será desmantelada até o dia 31 de julho, embora o estoque atual de aparelhos possa ainda estar disponível para venda depois desse período.
A LG também informou que vai fornecer assistência e atualizações para seus aparelhos por tempo indeterminado. Na Bolsa de Seul, a ação da LG Electronics fechou em baixa de 2,52% nesta segunda-feira (5). (Fonte: Dow Jones Newswires).
 
Em nota, a LG Eletronics do Brasil informou que desde o segundo semestre de 2015, o negócio global de celulares da empresa sofreu uma perda operacional por 23 trimestres consecutivos, resultando em um acumulado de aproximadamente 4,1 bilhões de dólares (US) até o final de 2020.
 
"Depois de avaliar todas as possibilidades para o futuro do nosso negócio de celulares, o Headquarter Global decidiu por fechar esta divisão a fim de fortalecer sua competitividade futura por meio de seleção e foco estratégico", diz nota da empresa.
 
A LG Electronics do Brasil informou que se comunicará "de forma aberta e transparente durante este processo, buscando uma abordagem justa e pragmática, enquanto atendemos as obrigações jurídicas".
 
A empresa agradeceu a parceria de todos e disse que irá se concentrar fortemente em seus negócios de modo a continuar a "fornecer produtos e serviços inovadores que tornarão a vida melhor". "É com tristeza que compartilhamos esta notícia com os nossos clientes e parceiros que ao longo de todos estes anos nos demonstraram confiança e nos deram apoio".

Últimas notícias