Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

SAÚDE

Após derrubar live de Bolsonaro, Facebook diz que não permite alegações de que vacinas contra covid-19 matam

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 25/10/2021 às 9:48
Notícia
REPRODUÇÃO DE VÍDEO
Bolsonaro na live desta quinta-feira (21) - FOTO: REPRODUÇÃO DE VÍDEO
Leitura:

Após retirar do ar live realizada por Jair Bolsonaro (sem partido) na última quinta-feira (21), o Facebook afirmou que não aceitará alegações de que vacinas contra covid-19 matam ou causam danos graves. Na ocasião, o presidente brasileiro associou os imunizantes ao desenvolvimento de AIDS.

"Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de COVID-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas", garantiu um porta voz do Facebook ao jornal O Globo.

No vídeo em questão, Jair Bolsonaro leu publicação que promove desinformação sobre a vacina contra a Covid-19. O conteúdo dizia que vacinados estavam desenvolvendo síndrome da imunodeficiência adquirida.

Comentários

Últimas notícias