Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Encontro raro

'Dragão Azul', comedor de caravelas portuguesas, é encontrado em SP e viraliza na web

O curioso fato ocorreu em uma praia próxima a cidade de Mogi das Cruzes

Raianne Romão
Raianne Romão
Publicado em 08/09/2021 às 13:36
Notícia
Dalma Mesquita Ferreira/Arquivo pessoal
Molusco, conhecido como Dragão azul, foi visto em uma praia de Bertioga e surpreende banhista - FOTO: Dalma Mesquita Ferreira/Arquivo pessoal
Leitura:

Imagina estar passeando na praia quando, de repente, você se depara com um ser vivo com uma aparência totalmente estranha? Foi exatamente isso que aconteceu com uma banhista na praia de Bertioga, no litoral de São Paulo. Dalma Mesquita Ferreira conta que se deparou com algo azul, de cor intensa, na areia, e decidiu se aproximar.

A arquiteta afirma que estava dando uma volta na praia, em um dia frio, carregando uma sacola plástica, com o intuito de recolher o que encontrasse de lixo. Em um dado momento, Dalma achou que fosse um pedaço de plástico, mas logo percebeu que se tratava de um ser vivo.

“Quando eu cheguei perto e vi que aquilo se mexia, a minha primeira reação foi verificar se a onda estava chegando para levar embora”, contou a banhista ao G1. Antes do animal ser levado, ela tirou algumas fotos e enviou para o seu filho, que explicou para a mãe que se tratava de um molusco, conhecido como 'dragão azul'

O molusco azul e bem pequeno, conhecido como dragão azul (Glaucus atlanticus), e não produz veneno, porém pode soltar uma toxina que pode queimar a pele de quem tentar tocá-lo. Sua cor azul o ajuda no trabalho de se camuflar no fundo do oceano e ele se alimenta de água viva Caravelas-portuguesas (Physalia Physalis). 

Um animal da mesma espécie foi encontrado na orla da Praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, em julho de 2019.

'Teria ajudado muito em 1500'

Com a divulgação do caso, os internautas não poderiam deixar de fazer piadas e memes. Nas redes sociais, o caso repercutiu e, de acordo com os twitteiros de plantão, o molusco poderia ter ajudado o país na época da chegada dos portugueses: 

Confira: 


Comentários

Últimas notícias