Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Papai Noel

Bom Velhinho é recebido por crianças com gritos 'E, f*d*u, Papai Noel apareceu', no Grande Recife

Situação viralizou nas redes sociais e rendeu diversos comentários

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 02/12/2021 às 11:30 | Atualizado em 02/12/2021 às 12:53
Reprodução/Redes Sociais
Bom Velhinho é recebido de forma inusitada em Pernambuco - FOTO: Reprodução/Redes Sociais
Leitura:

Os tradicionais e famosos caminhões iluminados da Solar Coca-Cola finalmente chegaram em Recife. Mas diferente das outras recepções, o Bom Velhinho acabou sendo recepcionado de uma forma completamente inusitada em Pernambuco. O vídeo da passagem dos caminhões foi divulgado em várias redes sociais, mostrando o momento exato da animação das crianças.

Nas imagens registradas, é possível ver perfeitamente algumas crianças gritando, pulando e comemorando a chegada do tão querido Noel. Mas o que realmente chamou atenção no vídeo não foi exatamente os caminhões iluminados ou o Papai Noel, mas sim o que os jovens estavam falando para receber o Bom Velhinho.  

O vídeo foi gravado no bairro de Peixinhos, em Olinda, no Grande Recife. No decorrer das imagens, podemos escutar perfeitamente os jovens falando: "E, f*d*u, Papai Noel apareceu!". E quando escutou as palavras das crianças, o Papai Noel apareceu dançando no vídeo, mostrando que até estava se divertindo.

É por esse motivo que o vídeo gerou diversos comentários sobre o momento registrado. Confira alguns comentários: 

Uma das pessoas que fizeram comentários do vídeo, chegou a dizer: "E o Papai Noel tirou a braba lá em cima", enquanto outra pessoa comentou: "Vão ficar tudo sem presente kkkk falando palavrão". Apesar desses comentários achando graça do vídeo, um dos comentários não pareceu apoiar tanto as ações das crianças : "Infelizmente não se fazem crianças como antigamente. Não se educam mais as crianças".

Confira o vídeo: 

 

Comentários

Últimas notícias