Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Inacreditável

Mulher é presa suspeita de forjar o próprio sequestro para receber seguro

Ruana Sabrina estava desaparecida desde quarta-feira (1°)

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 03/12/2021 às 15:58
Notícia
Reprodução/Facebook
Ruana Sabrina forja seu próprio sequestro em Mato Grosso - FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

Uma empresária chamada Ruana Sabrina Fortunato Freitas, de 28 anos, foi presa na quinta-feira (2). A mulher estava sendo suspeita de forjar o seu próprio sequestro no estado do Mato Grosso. Ela estava desaparecida desde quarta-feira (1°) e segundo informações, a empresária estava tentando vender sua caminhonete para receber o seguro do seu veículo. 

Parece até mesmo uma história de filme, não é? Mas agora a empresária deve responder por estelionato e falsa comunicação de crime. No mesmo dia em que ela foi encontrada, ela estava dirigindo o seu próprio veículo em uma avenida da capital.

Denuncia do sequestro

Sem saber de toda a situação, o marido de Ruana, Laudelino Luiz de Souza Saretto Filho, acabou denunciando o sequestro da mulher para a polícia, na quinta-feira (2). Segundo o homem, eles estavam juntos em uma festa, no bairro Nova Várzea Grande, quando ela resolveu sair para comprar bebidas em uma distribuidora, na quarta-feira (1°), por volta das 8h e acabou não retornando.

Logo após isso, Luiz contou que recebeu um vídeo que supostamente mostrava a mulher encapuzada, sendo mantida em cárcere privado. Mas ainda na quinta-feira, após o registro da ocorrência, a Polícia Civil encontrou a caminhonete na região de Coxipó, em Cuiabá, estado do Mato Grosso.

Quando as autoridades foram ao local indicado, acabaram encontrando o veículo sem a sua placa traseira, sendo conduzido pela própria Ruana. 

Segundo os próprios policiais, Ruana entrou em contradição diversas vezes. Ela foi conduzida à Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) para prestar depoimento, mas a empresária acabou confessando que forjou o seu sequestro e o roubo do veículo também.

O delegado, Vitor Bruzulato Texeira, contou que ela tinha o objetivo de comercializar a caminhonete em um mercado clandestino para receber o valor do veículo da seguradora. A caminhonete foi apreendida e a mulher chegou a ser atuada em flagrante por falsa comunicação de crime e estelionato. Após todo o interrogatório, ela foi encaminhada para a audiência de custódia, no fórum da capital.

Informações: Portal G1.

Comentários

Últimas notícias