Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
INOVAÇÃO

Restos mortais do Faraó Amenófis são revelados pela primeira vez através da tecnologia

O fato ocorreu pela primeira vez após 3 mil anos

Bia Freire
Bia Freire
Publicado em 28/12/2021 às 16:44
Foto: S. Saleem and Z. Nuwass
O esqueleto do faraó por trás da máscara funerária. A imagem foi obtida através de uma fotografia computadorizada - FOTO: Foto: S. Saleem and Z. Nuwass
Leitura:

Após estudar mais de 40 múmias reais do Novo Reino, como parte de um projeto do Ministério da Antiguidade Egípcia lançado em 2005, cientistas encontraram restos mortais do Faraó Amenofins pela primeira vez em 3 mil anos, após uma tomografia computadorizada tridimensional para estudar os restos mortais de Amenófis I sem violá-los.

Segundo o cientista Sahar Saleem, os restos de Amenófis I, faraó da 18ª Dinastia que faleceu no início do século 16 a.C., foi um dos alvos de furtos que aconteciam na época, e o esqueleto chegou a ser tratado e enterrado duas vezes após sua morte.

"Mostramos que Amenófis I tinha aproximadamente 35 anos quando morreu. Ele tinha cerca de 169 centímetros de altura, era circuncidado e tinha bons dentes. Dentro de seu invólucro, ele usava 30 amuletos e um cinto dourado exclusivo com contas de ouro”, conta Saleem, em comunicado.

Aparência 

Ainda segundo os pesquisadores, o faraó remete sinais de ter sido parecido fisicamente com o seu pai, Taá II, com um queixo estreito cabelo encaracolado e dentes superiores ligeiramente protuberantes, de acordo com o especialista.

Gosta de histórias sobre o Egito? Veja também:

Arqueólogos descobrem estátua gigante de Ramsés II e Seti II no Egito

Tempestades causam infestação de escorpiões no Egito

 

Comentários

Últimas notícias