Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Rei do acesso: América-RJ aposta em Givanildo Oliveira para buscar classificação quase impossível no Carioca

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 01/02/2021 às 16:58
Givanildo Oliveira estava sem clubes desde maio de 2019, quando deixou o América-MG. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem,
Givanildo Oliveira estava sem clubes desde maio de 2019, quando deixou o América-MG. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem,
Leitura:

O "Rei do acesso" está de volta. Depois de mais de um ano sem clube, Givanildo Oliveira será o novo treinador do América-RJ. Aos 72 anos, esta será a primeira vez que o experiente técnico vai treinar um time do Rio de Janeiro, onde terá a missão de comandar o clube na fase preliminar do Campeonato Carioca. Atualmente em quinto lugar, o Mecão aposta todas as suas fichas no experiente técnico em busca de uma classificação quase impossível para a fase principal do estadual, marcada para iniciar no dia 28 de fevereiro.

"O acerto foi rápido e sem problema. Me ligaram no domingo a tarde e explicaram a situação. São cinco jogos que o América-RJ tem para se classificar. Já vivi situações semelhantes a essa. No Mogi Mirim e Ponte Preta são exemplos. Agora, pela primeira vez, vou trabalhar no futebol carioca", disse o técnico em contato com a reportagem do Jornal do Commercio e do Blog do Torcedor.

LEIA MAIS:

>> Executivo de futebol Ari Barros confirma acerto com o Náutico

>> ‘Rei do acesso’, Givanildo Oliveira ganha título de cidadão recifense

>> Givanildo Oliveira relembra conquista da Copa do Nordeste de 1994 pelo Sport

Ciente das dificuldades, Givanildo sabe que a missão não será fácil. Isso porque o técnico chega ao clube com a seletiva em andamento, restando apenas cinco jogos para o fim da fase preliminar. Com seis participantes ao todo, o América está na quinta colocação com seis pontos somados em cinco jogos, sendo uma vitória, três empates e uma derrota, totalizando 40% de aproveitamento. Ainda assim, ele mantém a confiança no elenco para alcançar o objetivo traçado pela diretoria do Mecão.

"Passaram para mim a lista do elenco. Acho que tem um grupo bom e com condições de reverter o quadro. Mas estamos indo sabendo que a dificuldade é grande. A retomada da minha carreira vai depender do sucesso dessa situação. Agora, o meu trabalho será garantir o América-RJ no Campeonato Carioca", projetou.

A estreia do técnico na beira do gramado será já nesta quarta-feira (3), quando o América-RJ vai visitar o Sampaio Corrêa-RJ, às 15h30, no Estádio Lourival Gomes de Almeida. Na sequência, o clube ainda enfrenta Cabofriense, Nova Iguaçu, Friburguense e fecha participação na seletiva do Carioca contra o Americano. Apenas o melhor classificado avança à fase principal do estadual. No momento, o Mecão está a quatro pontos do líder, Cabofriense.

RETOMADA NA CARREIRA

O retorno de Givanildo Oliveira acontece após um ano e oito meses parado. O último clube do técnico foi o América-MG, de onde saiu em maio de 2019. Presente no futebol profissional desde 1969, quando iniciou a carreira de jogador no Santa Cruz, esse foi o momento de maior hiato na carreira, já que nunca havia ficado uma temporada inteira sem passar por um clube.

Na carreira, o técnico ficou conhecido como "Rei do Acesso" por ter levado muitos clubes à elite do futebol nacional. Além disso, Givanildo também contabiliza 18 títulos estaduais, quatro nacionais e duas copas regionais.

Últimas notícias