Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Após bater na trave na temporada passada, Santa Cruz reencontra Marcelo Martelotte na Série C

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 30/05/2021 às 10:32
Martelotte comandou o Santa Cruz na temporada passada. FOTO: ALEXANDRE GONDIM/ JC IMAGEM
Martelotte comandou o Santa Cruz na temporada passada. FOTO: ALEXANDRE GONDIM/ JC IMAGEM
Leitura:

Depois de bater na trave e não conquistar o acesso na temporada passada, Santa Cruz e Marcelo Martelotte se reencontram neste domingo (30), quando o Tricolor e o Manaus, atual clube do treinador, se enfrentam na 1ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O jogo será às 18h, na Arena da Amazônia. Ele assumiu o comando do time amazonense na última terça-feira (25) e fará seu primeiro jogo à frente do Gavião do Norte.

Santa Cruz e o técnico possuem uma longa história juntos. Pelas Repúblicas Independentes do Arruda, Marcelo Martelotte foi campeão como jogador, em 1993, quando atuava como goleiro, e também como técnico, em 2013. Ambos os títulos foram do Campeonato Pernambucano. Ao todo, são quatro passagens no comando do Tricolor. Além do Estadual, também conseguiu o acesso para à Série A em 2015. Na temporada passada, no entanto, o treinador bateu na trave e não conseguiu o acesso com o Mais Querido, deixando o clube ao fim da Série C.

LEIA MAIS

> Tendo o acesso como principal objetivo, Santa Cruz estreia na Série C contra o Manaus

> Dia de recomeço do Santa Cruz na temporada

> Veja a tabela da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro de 2021

O jogo marca ainda outro reencontro, dessa vez, dos técnicos. Isso porque Bolívar e Marcelo Martelotte se enfrentaram na Série C do ano passado, com vantagem para o atual técnico coral, que na época bateu o Santa Cruz no Arruda por 2x1 comandando o Vila Nova-GO. Em entrevista coletiva, Bolívar falou do carinho pelo treinador do time amazonense, mas descartou qualquer tipo de vantagem por Martelotte conhecer bem o time pernambucano.

"Acho que não (vantagem), até porque só tem dois ou três atletas que participaram com o Marcelo (Martelotte). É um grande treinador, que tenho um carinho muito grande. Um cara que fez uma ótima campanha no ano passado. Então todo respeito ao Marcelo, mas a gente vai buscando o nosso grande objetivo, que é estrear com o pé direito. Sabemos que a troca de comando na equipe adversária requer sempre uma atenção porque a auto estima dos atletas acaba renovando. Com isso, temos que estar concentrados para fazer um grande jogo", afirmou.

Apesar do pouco tempo de Marcelo Martelotte no comando do Manaus, Bolívar comentou o que espera do adversário neste jogo de domingo, que marca a estreia do Santa Cruz na Série C. "Uma equipe, como mostrou no ano passado na Série C, muito competitiva, principalmente quando joga dentro de casa. Uma equipe que sagrou-se campeã estadual, então já vem com a auto estima lá em cima. Com a chegada do Marcelo, que vai fazer um grande trabalho. Temos que ter todo o cuidado, porque a gente sabe que é uma equipe que fez uma boa campanha no ano passado, mas o Santa Cruz está muito preparado e vai buscar nosso grande objetivo que é a vitória", finalizou.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SANTA CRUZ

Últimas notícias