Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

SÉRIE B

Solidez e equilíbrio tático são armas do Náutico contra a Ponte Preta

Com quatro gols vazados em 10 jogos, o Náutico tem a segunda melhor defesa da Série B

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 11/07/2021 às 13:28
Notícia
ALEXANDRE GONDIM / JC IMAGEM
Hélio dos Anjos mantém segredo sobre como manter a solidez defensiva do Náutico na Série B - FOTO: ALEXANDRE GONDIM / JC IMAGEM
Leitura:

O Náutico mal jogou e já tem um novo desafio pela frente na Série B do Campeonato Brasileiro. O Timbu volta a campo nesta segunda-feira (12) para enfrentar a Ponte Preta no Estádio dos Aflitos. Afim manter a boa sequência na competição, a equipe de Hélio dos Anjos deverá manter o equilíbrio em todos os setores do elenco, da defesa ao ataque, para buscar a terceira vitória seguida.

"A nossa equipe tem um conjunto que estabiliza o time defensivamente com ações, como nós temos um conjunto que estabiliza nosso time ofensivamente com um número de gols razoáveis para uma competição como essa", comentou Hélio.

Com apenas quatro gols vazados em 10 rodadas, o Náutico tem a segunda melhor defesa da Série B. Questionado sobre como manter a defesa com tamanha solidez na temporada, Hélio dos Anjos preferiu manter sua fórmula em segredo.

"A nossa solidez defensiva parte de um princípio básico que nós temos dentro do nosso trabalho que eu não vou expôr publicamente, porque todo mundo, hoje, estuda, todo mundo busca. É uma palavra minha, sobre o meu time, que dá, acima de tudo, um parâmetro para o adversário jogar em cima dessas situações. Mas eu sempre falo: a solidez defensiva não depende da linha de zagueiros, não depende do goleiro, não depende da linha de quatro. Ela depende do conjunto", ressaltou.

Mesmo não querendo revelar o seu segredo, Hélio acabou destacando um dos fatores fundamentais para o Timbu chegar onde chegou. Além de peças que vivem, individualmente, em boa fase, o jogadores trabalham em equipe junto com a comissão técnica para prevalecer dentro de campo sobre os adversários. E isso é fruto dos trabalhos feitos durante os períodos de treinamento antes das partidas.

"Eu vejo que nós aproveitamos muito bem os dias que temos para treinar, nós aproveitamos muito bem todas as informações que eu recebo do analista, da comissão técnica. Todo o estudo do nosso adversário passa por todos nós da comissão técnica, assintindo juntos e discutindo situações", contou Hélio dos Anjos.

"Então é importante frisar que essa estabilidade defensiva tem um porquê. E esse porquê é que a gente irá evitar falar para não dar qualquer chance para o adversário trabalhar em cima disso", completou o treinador.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Comentários

Últimas notícias