Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

ACABOU

Cai o último invicto da Série B: Náutico perde para o Coritiba e vê liderança ameaçada

Timbu continua líder da Série B, mas com a vitória, o Coxa encostou e tem chances de ultrapassar o alvirrubro em breve

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 30/07/2021 às 22:21
Notícia
ROBSON MAFRA / ESTADÃO CONTEÚDO
DERROTA Náutico não mostrou um bom futebol e acabou sendo superado pelo Coritiba, que tem chance assumir liderança durante a semana - FOTO: ROBSON MAFRA / ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

Chegou ao fim a sequência invicta do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro. Desfalcado e encarando temperaturas muito baixas em Curitiba, o Timbu amargou a primeira derrota na competição. O duelo com o Coritiba, válido pela 15ª rodada da Segundona, realizado no estádio Couto Pereira, na noite desta sexta-feira (30), terminou 3x1 para os donos da casa. 

Esta foi apenas a segunda derrota do alvirrubro na temporada. A primeira foi para o Sport, ainda no primeiro turno do Campeonato Pernambucano. O Timbu também quebrou o recorde de maior sequência invicta na história da Série B, que pertencia ao Corinthians de 2008, com 11 jogos se derrotas. 

Perder para o Coritiba também deixou o Náutico ameaçado na primeira posição. Embora os alvirrubros continuem líderes, com 30 pontos, perder o confronto direto pode, em breve, custar o primeiro lugar, principalmente porque o Coxa, que chegou a 28 pontos com a vitória desta sexta, tem um jogo atrasado, contra o Brusque, que será realizado esta semana. Em caso de vitória dos paranaenses, os pernambucanos perdem a ponta da tabela. 

O jogo

O Náutico sentiu as ausências de Kieza e Jean Carlos na partida contra o Coritiba e foi possível perceber isso logo nos primeiros minutos do jogo. A alternativa encontrada por Hélio dos Anjos para organizar o time sem esses dois jogadores tão importantes, foi colocando Bryan para a ponta direita e Paiva como centroavante. Enquanto o Timbu tentava se achar em campo, se adaptando as mudanças, o Coritiba pressionava. 

Durante os primeiros 15 minutos, o Coxa apresentava um futebol muito mais perigoso e chegava com boas chances ao gol de Alex Alves. O alvirrubro até reagiu e conseguiu ter um pouco de bola no pé, mas não foi o suficiente para parar os adversários. Enquanto os donos da casa finalizaram 12 vezes no primeiro tempo, o Náutico fez isso apenas duas vezes. 

Consequentemente, o Coritiba acertou o caminho do gol primeiro. E por duas vezes. Aos 32 minutos do primeiro tempo, Val chutou de longe e mandou a bola no pé da trave direita, mas o rebote sobrou para Igor Paixão, que abriu o placar no Couto Pereira. Aos 40 minutos do primeiro tempo, Waguininho recebeu um passe em profundidade, saiu cara a cara com o goleiro do Timbu e levou a melhor, marcou o segundo e levou o jogo para o intervalo com vitória parcial do Coxa por 2x0. 

Depois de um primeiro tempo sofrido do Náutico, o técnico Hélio dos Anjos voltou para a segunda etapa com duas mudanças. Bryan voltou para a lateral-esquerda, Matheus Carvalho entrou no lugar de Rafinha para fazer uma função de meia e Iago Dias, acionado no lugar de Marciel, foi jogar na ponta esquerda.

As mudanças surtiram efeito, o alvirrubro teve um encaixe melhor e o placar de 2x0 se estendeu até os 23 minutos. Depois de um bate-rebate na área, Paiva conseguiu dominar a bola e fazer um passe para Matheus Carvalho, que chutou certeiro e diminuiu a vantagem do Coritiba. A alegria alvirrubra, porém, não durou muito. Aos 35 minutos, Igor Paixão, na direita, cruzou a bola para a área do Timbu e Léo Gamalho, livre, cabeceou para o gol, ampliando o placar para 3x1. 

Mesmo melhorando no segundo tempo, o Náutico não conseguiu ter reação suficiente para se sobressair em relação ao Coritiba. Com isso, viu chegar ao fim a sequência de 15 jogos invicto na Série B do Campeonato Brasileiro.  

Ficha do jogo:

Coritiba - Wilson; Natanael (Igor), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Val (Bernardo) e Robinho (Rafinha); Waguininho, Léo Gamalho (Welliington Carvalho) e Igor Paixão (Romário). Técnico: Gustavo Morínigo

Náutico - Alex Alves; Hereda (Breno Lorran), Camutanga (Yago), Carlão, Rafinha (Matheus Carvalho); Rhaldney (Vargas), Matheus Trindade e Marciel (Iago Dias); Bryan, Paiva e Vinícius. Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: Couto Pereira, Curitiba-PR. 

Horário: 20h

Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)

Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa e Gustavo Rodrigues de Oliveira (ambos de SP)

Gols: Igor Paixão (Coritiba), aos 32 minutos do 1º tempo; Waguininho (Coritiba), aos 40 minutos do 1º tempo; Matheus Carvalho (Náutico), aos 23 minutos do 2º tempo; Léo Gamalho (Coritiba), aos 35 minutos do 2º tempo; 

Cartões amarelos: Camutanga (Náutico); Vinícius (Náutico); Willian Farias (Coritiba); Natanael (Coritiba); Val (Coritiba);  Bryan (Náutico); Robinho (Coritiba); 

 

Comentários

Últimas notícias