Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

OPINIÃO

Seja qual for o desfecho, Cristiano Ronaldo e Manchester United irão escrever de novo grande história no futebol

É impossível ver Cristiano Ronaldo ser contratado por um time e não imaginar que ele tem por objetivo o título da Champions League. Mas o projeto do Manchester United, embora englobe a Champions, não gira em torno dela

JC
JC
Publicado em 30/08/2021 às 7:04
Notícia
AFP
Cristiano Ronaldo foi oficializado no Manchester United na tarde da sexta-feira (27) - FOTO: AFP
Leitura:

Por Victor Peixoto, da TV Jornal

É impossível ver Cristiano Ronaldo ser contratado por um time e não imaginar que ele tem por objetivo o título da Champions League. Afinal, o português é, ao lado de uma seleta lista, o segundo jogador com mais títulos da competição com 5 conquistas e também, e aí de forma isolada, o maior artilheiro da mesma com 134 gols.



Mas, diferentemente da Juventus, onde estava, e de PSG e Manchester City, onde foi e fortemente especulado, o projeto do Manchester United, embora englobe a Champions, não gira em torno dela, sobretudo por não ser a única “pendência” em aberto em Old Trafford.

Embora o jejum na competição europeia, que teve Chelsea, duas vezes, e o Liverpool campeões seja maior que o da Premier League, o título inglês tem um peso imenso, sendo quase um universo particular, capaz até, de como vimos com o Liverpool, ser mais comemorado que a própria Champions.

E se, como dito acima, o Manchester United viu Chelsea e Liverpool levantarem a orelhuda, em solo inglês a coisa foi ainda pior. Sem conquistar a taça desde a temporada 2012-13, os torcedores dos “Diabos Vermelhos”, como o United é conhecido, viram não só o rival local Manchester City instaurar uma soberania conquistando 4 dos 8 títulos disputados desde então, como viu o maior rival Liverpool encerrar um jejum de 30 anos, diminuindo para um a diferença de troféus da liga nacional entre as equipes. 

Além disso, não vence nem Arsenal, nem Liverpool há 6 jogos, ou 3 temporadas, cada, pela Premier League. Sendo assim, há, para o Manchester United, mais de um pote de ouro para além do arco-íris e, qualquer que seja o conquistado, já saciará, ao menos em boa parte, a sede do clube e dos torcedores. Em contrapartida, contudo, tal como a glória, a frustração pode vir em dobro. 

CRISTIANO RONALDO

Mas, e para Cristiano Ronaldo? Aí, sim, acredito que a conversa mude de figura, sobretudo após o fracasso em sequer chegar a uma Semifinal pela Juventus. Mesmo que se mantenha à frente de Messi em Champions conquistadas, inclusive sendo o último dos dois a ter vencido a competição, Cristiano Ronaldo não quer nem imaginar em ver o argentino, que terá a companhia de Neymar, Sérgio Ramos, Di Maria e grande elenco, que até o momento conta com Mbappé, igualar ou se aproximar de suas marcas.

Além disso, lembremos, que Messi foi eleito melhor do mundo em uma temporada a mais que Cristiano, tendo, também, sido o último dos dois a ter alcançado a marca. Mesmo que alcance o sucesso na Premier League e nas artilharias que disputar, será cobrado, talvez mais por si mesmo do que por terceiros, se não levantar a orelhuda, principalmente se Messi o fizer, o que, quase que automaticamente, o leva à mais um título de melhor do mundo. 

De qualquer forma, seja qual for o roteiro e o desfecho que Cristiano Ronaldo e Manchester United irão, mais uma vez, escrever na história do futebol, ele será o dos mais interessantes de se acompanhar.

Comentários

Últimas notícias