Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

SÉRIE C

Lelê celebra recuperação e busca fazer "milagre" com o Santa Cruz

O Santa Cruz precisa vencer os últimos dois jogos e torcer para que o Floresta e Jacuipense tropecem no resto da competição

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 14/09/2021 às 14:20
Notícia
RAFAEL MELO / SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE
Recuperado de uma lesão na costela, Lelê voltou a campo na partida diante do Altos - FOTO: RAFAEL MELO / SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE
Leitura:

Recuperado de uma lesão nas costelas, o meia-atacante Lelê celebrou seu retorno ao time do Santa Cruz depois de um mês sem jogar, mas lamentou o resultado final da partida diante do Altos-PI, no Arruda. Com a derrota por 1x0 para o time piauiense, o Santa Cruz ficou numa situação crítica na Série C do Campeonato Brasileiro.

"Fiquei muito triste com a minha lesão, num momento que o clube estava precisando, na qual eu vim para cá com o pensamento de ajudar da melhor forma possível. Fiquei feliz por ter voltado, participado, tentado ajudar de alguma forma. Me senti bem, durante os 15 minutos que entrei", disse Lelê.

"Infelizmente o resultado que a gente esperava não aconteceu, mas agora é dar continuidade, dar seguimento no trabalho que vem sendo feito e tentar manter uma sequência para tentar ajudar o Santa Cruz de alguma forma", completou.

Com apenas 11 pontos conquistados em toda competição, o Santa Cruz amarga a lanterna do Grupo A da Série C e está a seis pontos da 8ª colocação, primeira fora do Z-2. Para que a Cobra Coral evite o rebaixamento, precisa vencer as duas próximas rodadas e torcer para que o Floresta (8º com 17 pontos) perca os jogos restantes e a Juazeirense (9º com 15 pontos) não vença.

Segundo o site de estatísticas Chance de Gol, o Santa Cruz tem 99,8% de probabilidade de rebaixamento. Contando com 0,02% de chances de escapar, a Cobra Coral terá que entrar em campo no próximo domingo (19), diante do Tombense, à espera de um milagre, inclusive precisa "sexar" o próprio Floresta, que joga no dia anterior.

"O que a gente tem que fazer é o que temos feito em todos os jogos. Tentando dar a vida, se esforçando, trabalhando, suando a camisa, porque o que vale é honrar essa camisa até o final do último jogo. Sabemos que não vai ser fácil, ainda há uma esperança, uma possibilidade. A gente sabe que é só um milagre, mas a gente não pode deixar de correr, de lutar, se entregar e trabalhar, que é o que a gente vem fazendo", ressaltou Lelê.

"Enquanto houver esperança, a gente vai lutar até o final, tentar fazer a nossa parte e torcer para os resultados, de repente, acontecerem e, quem sabe, aconteça um milagre e a gente consegue deixar o Santa Cruz na Série C do Campeonato Brasileiro", concluiu.

O Santa Cruz vai até Tombos para encarar o Tombense em partida que pode decretar o rebaixamento da Cobra Coral. A bola irá rolar às 18h do próximo domingo em jogo válido pela 17ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Comentários

Últimas notícias