Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

DUELO DE CAMPEÕES

Campeãs da Euro e da Copa América, Itália e Argentina farão jogo em junho de 2022

O confronto ainda não tem dia ou sedes definidos

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 28/09/2021 às 13:08
Notícia
AFP / ESTADÃO CONTEÚDO
Itália x Argentina está prevista para acontecer em junho de 2022 - FOTO: AFP / ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

Por ESTADÃO CONTEÚDO

A Conmebol anunciou nesta terça-feira (28) que estendeu seu acordo de cooperação com a Uefa, o que resultará, entre outras consequências, num confronto entre os atuais campeões da Copa América e da Eurocopa, a Argentina e a Itália, respectivamente. A partida foi agendada para junho de 2022, ainda sem dia ou sedes definidos.

"A organização deste jogo faz parte da expansão de cooperação entre a Conmebol e a Uefa, que inclui especialmente as categorias de futebol feminino, futsal e juvenil, intercâmbio de árbitros, bem como programas de formação técnica", informou a entidade sul-americana, em comunicado.

A Conmebol também informou que o acordo prevê mais dois confrontos entre os futuros vencedores da Eurocopa e da Copa América. E a previsão de as duas entidades abrirem um escritório em conjunto em Londres para tratar futuramente de "projetos de interesse comum".

"Com este acordo, a Conmebol e a Uefa expressam o seu empenho no desenvolvimento do futebol para além das suas áreas geográficas, como uma ponte que une pessoas, países, continentes e culturas "

Inicialmente, havia a expectativa de que as duas entidades indicassem o possível retorno da chamada Copa Intercontinental, que reunia os campeões da Copa Libertadores e da Liga dos Campeões, em jogo única que definia o campeão mundial de clubes de cada ano. O torneio foi encerrado assim que a Fifa lançou seu Mundial de Clubes, com participação de mais times. Nesta terça, nem a Conmebol e nem a Uefa se manifestaram sobre este torneio específico.

Comentários

Últimas notícias