Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

AFLITOS

Grupo de oposição sinaliza bate-chapa na eleição para presidente do Náutico

Inova Náutico lançou texto com críticas a atual gestão, mas sem ainda apresentar um nome como candidato

Marcelo Cavalcante
Marcelo Cavalcante
Publicado em 04/10/2021 às 12:58
Notícia
Leo Lemos/Divulgação
Edno Melo (E) e Diógenes Braga (D) terão bate-chapa pela frente - FOTO: Leo Lemos/Divulgação
Leitura:

 O Náutico começa a viver o clima de eleições presidenciais, previstas para acontecer no final do ano. E se engana quem pena que não haverá bate-chapa. Nesta segunda-feira, um grupo de alvirrubros, chamado de Inova Náutico, disparou um texto no qual critica a atual gestão e praticamente confirma que vai montar uma chapa para a disputa do voto. No entanto, não apresentou nenhum nome como candidato a cargos. Porém, não aliviou nas criticas a gestão Edno Melo/Diógenes Braga.

Veja mais sobre o Náutico e o futebol pernambucano com Escrete de Ouro da Rádio Jornal

Um dos trechos da nota carrega nas tintas: "Não dá mais pra se esconder atrás de mentiras fantasiadas de verdade, que são facilmente derrubadas por dados públicos e notícias veiculadas na mídia. É preciso ter um verdadeiro comprometimento e transparência. Assumir a gestão de um clube como o Náutico, exige pessoas com hombridade para também saber reconhecer erros, sem arrogância e prepotência, aparecendo junto aos microfones da imprensa também nas fases negativas, dando o devido esclarecimento a quem mais importa, que é a nossa torcida".

O sócio Thiago Dias, que já integrou a diretoria de futebol campeã pernambucana de 2018 e atualmente está no Inova Náutico, disse o novo grupo é formado por muitos ex-dirigentes que não concordam com a condução feita por Edno e Diógenes à frente do clube. "A atual diretoria está no clube desde 2017 e nunca tiveram um bate-chapa. Acho que eles perderam a oportunidade de levar o Náutico a outro patamar. Mas se isolaram. Não foi feito um trabalho de grupo. Faltou timing para o crescimento", afirmou Dias.

O botão play da eleição do Náutico foi acionado pela oposição. É provável que a situação não se posicione no momento, já que o trabalho está voltado para o time voltar a vencer na Série B e reativar a luta por uma das vagas do G4. Mas, com certeza, haverá movimento nos bastidores. E o tempo vai mostrar como as peças do tabuleiro vão se mexer.

Comentários

Últimas notícias