Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

ELIMINATÓRIAS

Sob pressão natural, a seleção de Tite tem que vencer e convencer contra o Uruguai

Brasil terá a volta da torcida pelas Eliminatórias e precisa mostrar alternativa de jogo que não dependa apenas de Neymar para vencer

Marcelo Cavalcante
Marcelo Cavalcante
Publicado em 14/10/2021 às 11:26
AFP
A seleção brasileira de Tite é alvo de críticas da torcida e também da imprensa - FOTO: AFP
Leitura:

Mantendo a tradição das Eliminatórias da Copa do Mundo, a seleção brasileira de Tite é alvo de críticas, da torcida e também da imprensa.

O Brasil de hoje está invicto na disputa, tem praticamente assegurada a vaga no Mundial do ano passado. E mesmo assim, não faltam farpas.

O povo quer show, espetáculo... Quer o Brasil sobrando em campo em todos os jogos. É normal. Da natureza do Brasileiro.

Para você ter a ideia, a seleção brasileira de Telê Santana, que muitos hoje afirmam que foi a melhor de todas após o tri de 70, foi vaiada e xingada.

>> Raphinha já merece ser titular da seleção brasileira? Veja os números dele contra a Venezuela

Imagina a de Tite que, cá para nós, mostra um futebol óbvio e, de fato pouco inspirador.

A partida contra o Uruguai na noite desta quinta-feira tem uma importância enorme. Primeiro porque há uma pressão sobre Tite não apenas pela vitória, mas principalmente pelo bom futebol.

O Brasil tem que vencer e convencer. Tite sabe disso. E depende muito de Neymar. O que é bom e ruim. O lado positivo é ter a sua qualidade na seleção.

Jogador que não tem medo da botinada adversária, vai pra cima e chama a responsabilidade. Mesmo não tendo feito uma boa atuação contra a Colômbia, ele preocupa a defesa adversária.

O ruim é que o Brasil só tem ele. Os demais jogam na sua sombra.

Outro ponto importante dessa partida é a volta da torcida aos jogos da seleção brasileira. Como a equipe vai se comportar?

Costuma-se dizer que jogador cascudo gosta de ter a torcida por perto. Para aplaudir e motivar, e outros que crescem até sob a pressão da vaia.

Se a seleção brasileira já havia perdido o elo da torcida há alguns anos por conta dos jogos realizados fora do País, imagina com os portões fechados por conta da pandemia?

Para adentrar no estádio, o torcedor precisa seguir protocolo rígido para o torcedor entrar no estádio, em Manaus.

Quem tomou as duas doses da vacina (ou dose única) não terá a obrigação de apresentar exame RT-PCR. Para torcedores com apenas a primeira dose, será necessária a apresentação do exame com 72 horas de antecedência ou Antígeno com 48 horas de antecedência.

O formulário de triagem de sintomas deve ser preenchido com 24 horas de antecedência da partida.

Também é preciso preencher os termos de responsabilidade de participação no evento e autorização para uso e compartilhamento de dados e imagem.

Depois de pegar o ingresso, o torcedor terá ainda que acessar um portal da internet para aprovação do bilhete. A tecnologia de monitoramento é a Chronus i-Passport, desenvolvida pela Mooh Tech.

A mesma que realizou a triagem da Náutico x CRB-AL, na Arena de Pernambuco, no final do mês de setembro.

Naquela partida, os números foram esses: 1.151 torcedores com uma dose, 948 com duas e 76 com dose única. 79 torcedores foram testados, todos deram negativo.

Comentários

Últimas notícias