Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

INGLATERRA

Lateral do Manchester City recebe mais duas acusações de estupro; entenda

O francês Benjamin Mendy segue em prisão preventiva na Inglaterra

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 16/11/2021 às 11:47
Notícia
REPRODUÇÃO/TWITTER
O francês Benjamin Mendy segue preso na Inglaterra - FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER
Leitura:

Da redação com AFP

Colocado em prisão preventiva enquanto responde por quatro estupros e uma agressão sexual, a vida do lateral francês Benjamin Mendy pode se complicar ainda mais. Isso porque a Crown Prosecution Service, instituição responsável por processos judiciais na Inglaterra, anunciou que o atleta do Manchester City recebeu outras duas novas acusações de estupro.

Outro homem, Louis Saha Matturie, de 40 anos, sem relação com o ex-jogador Louis Saha e cujo vínculo com Mendy não foi explicado, foi acusado por mais dois estupros - para um total também de seis -, além de uma agressão sexual.

>> Acusado de estupro, jogador do Manchester City permanecerá preso até o julgamento em 2022; saiba quem

Os fatos que envolvem Mendy aconteceram entre outubro de 2020 e agosto de 2021. Os supostos ataque contras as mulheres teriam acontecido em seu endereço residencial, em Prestbury, Cheshire. Uma menor de 18 anos está incluída entre as vítimas.

Preso desde o final de agosto, Mendy chegou a pedir a liberdade provisória à Justiça, mas teve o pedido negadopor um juiz em uma audiência no Tribunal Crown de Chester. Os dois homens foram convocados nesta quarta-feira (16) ao tribunal de Stockport. O julgamento deve começar no dia 24 de janeiro.

O Manchester City suspendeu o atleta ainda em agosto, enquanto aguarda as investigações das autoridades competentes. Ele está de fora da loja online do City e os torcedores não podem comprar peças que tenham o seu nome e número.

Saiu caro?

Para contratar Mendy, o City pagou ao Monaco 52 milhões de libras em 2017 (cerca de 70,5 milhões de dólares), o que o tornou o defensor mais caro da história. Desde então, sua carreira tem sido marcada por várias lesões, como a ruptura do ligamento cruzado em 2017. Seus problemas musculares e nos joelhos têm dificultado em repetidas ocasiões sua progressão.

O jogador já divertiu os tablóides quando seu Lamborghini Avenador SVJ, no valor de mais de 500.000 euros (587.000 dólares), foi apreendido no final de 2020. Ele o dirigia sem carteira e nem seguro.

Mendy foi considerado culpado nesse caso e condenado a pagar uma multa de pouco mais de 1.000 euros (1.175 dólares). O jogador francês (com 10 jogos pela seleção nacional) disputou apenas 75 partidas pelo City nas últimas quatro temporadas.

Comentários

Últimas notícias