Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

FINANÇAS

O Sport pode vender atletas para quitar dívidas? Presidente do clube explica possibilidades

O Leão vive um ano delicado politica e financeiramente, que acabou refletindo dentro de campo

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 01/12/2021 às 21:55
Notícia
ANDERSON STEVENS/SPORT CLUB DO RECIFE
Após o rebaixamento decretado, a direção do Sport participou de entrevista coletiva na Ilha do Retiro. - FOTO: ANDERSON STEVENS/SPORT CLUB DO RECIFE
Leitura:

Com o rebaixamento decretado na última terça-feira (30), o Sport ainda tem questões pendentes para lidar antes de a temporada de 2021 acabar. É o caso da quitação de parte dos salários dos jogadores. Ao assumir o clube, após eleições complementares realizadas no mês de julho, a atual gestão entrou em um acordo com o elenco para pagamento de 70% dos salários e os 30% restantes posteriormente. Agora, chegou o momento de acertas as contas. 

>> Sport volta a jogar na Ilha do Retiro em 2022? Veja a resposta do presidente Yuri Romão

>> Flamengo pode contratar joia do Sport para a próxima temporada; confira

>> Mesmo rebaixado, veja quantos ingressos o Sport já vendeu para duelo contra o Flamengo

De acordo com o presidente do clube, Yuri Romão, a direção se reunirá na próxima sexta-feira (3) para discutir como obter recursos para quitar esses salários. Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (1º), Romão frisou que não gostaria de virar o ano sem ter uma solução para este problema. 

"Do ponto de vista pessoal meu, eu não gostaria de virar o ano sem ter uma solução. De provavelmente a gente tentar ir ao mercado buscar o recurso, quitar esses débitos. Até porque os atletas, e é um registro que eu gostaria de fazer, estão lá no campo treinado e esse caras operaram milagre, tá? Fizeram a parte deles, não nos deram trabalho, foram compromissados, sentiram a queda, então assim, a gente tem que ter respeito com essas pessoas também. E eu tenho respeito, a nossa equipe tem respeito. Não abrirei mão, a não ser que realmente não consiga, mas não abrirei mão de fazer a quitação desses valores", disse. 

Venda de jogadores como saída para gerar recursos 

A temporada, apesar de terminar de maneira amarga para o Sport, também revelou para o mercado jogadores formados no clube. É o caso do goleiro Mailson, do meia Ewerthon e dos atacantes Gustavo e Mikael. Yuri Romão admitiu que pode sim negociar esses atletas e que seria uma boa oportunidade para o Leão encontrar uma forma de lidar com a crise financeira que enfrenta. Entretanto, o presidente fez questão de frisar que só negociará os jogadores se o negócio for bom para o clube, os atletas e o comprador. 

"Já disse e vou repetir: são ativos do clube. O clube tem uma situação não muito confortável do ponto de vista financeiro, se aparecer um negócio que seja bom para o clube, para o atleta e para quem está adquirindo, eu acho que não tem porque a gente não fazer essa operação. Agora, dai a dizer que eu vou sair no meio da rua com uma plaquinha de 'vende-se', eu não vou fazer isso. Nem eu e já estou desautorizando meu vice-presidente de futebol", afirmou. 

Yuri Romão acrescentou ainda que talvez seja mesmo preciso negociá-los, mas que o Sport fará isso de maneira responsável. "Não vamos fazer nada de forma abrupta e que não seja responsável e transparente. Não há a menor possibilidade de isso acontecer", completou. 

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias