Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

TIMBU

Vai precisar fazer milagre? Diógenes Braga afirma que Náutico pode sim brigar pelo acesso, apesar de Série B difícil

Presidente eleito do Timbu preferiu ser mais comedido que o técnico Hélio dos Anjos, que demonstrou preocupação com o Náutico na Série B de 2022

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 13/12/2021 às 19:00 | Atualizado em 13/12/2021 às 19:13
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Diógenes Braga, presidente eleito do Náutico para o biênio 2022-2023, reagiu à declaração de Hélio dos Anjos. - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Em 2021, a Segunda Divisão ganhou a alcunha de "Super Série B" devido à presença de times como o Botafogo, Cruzeiro e Vasco. A edição de 2022, porém, não será muito diferente, uma vez que terá a presença de seis campeões brasileiros: Grêmio, Sport, Bahia, Vasco, Cruzeiro e o Guarani. Nesses moldes, a Segundona vai se desenhando como a maior da história. Diante disso, o técnico do Náutico, Hélio dos Anjos, chegou a afirmar que o Timbu precisará "fazer milagre" para conseguir o acesso. Entretanto, Diógenes Braga, atual vice-presidente Executivo e de Futebol, além de presidente eleito do alvirrubro, pensa diferente. 

>> Náutico traça planejamento para 2022 e prioriza alguns setores do time; veja quais

>> Técnico do Náutico rasga elogios e pede renovação de dois jogadores: 'números muito positivos'

Ao GE.COM, Hélio afirmou que a preocupação é por causa do aspecto financeiro. Afinal, os rivais tem mais condições de formar elenco mais fortes que o Timbu; ele destacou, principalmente, Vasco, Cruzeiro, Grêmio e Bahia - este último, inclusive, deve ter no grupo o atacante Vinícius, uma das principais peças do Náutico em 2021. 

>> Hélio dos Anjos revela dificuldade com o mercado e muito trabalho na montagem do elenco do Náutico para 2022

>> Executivo e gerente de futebol do Náutico são condenados pelo STJD; veja punição

Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, nesta segunda-feira (13), Diógenes Braga deu um ponto de vista diferente do treinador. Para o dirigente, um time não pode entrar no campeonato achando que vai ser o campeão, mas também não pode ir para a disputa achando que não tem condições de vencer. 

Ouça o comentário de Ralph de Carvalho 

"Eu sou mais comedido. Tenho a visão de que você tem que ir vivendo as coisas por etapa. O que a gente enxerga é, principalmente com a pandemia e a retirada dos públicos dos estádios, muitos clubes que tinham uma participação muito forte da torcida, fazia com que se encobrisse alguns problemas que o time tivesse em campo. A torcida levava mesmo. Esse ano, a gente teve a maior Série B da história e ano que vem vai ser maior ainda. Eu entendo que do jeito que a gente não pode entrar em um campeonato achando que o campeonato é fraco e você vai ganhar de qualquer jeito, não pode entrar em um campeonato achando que você não tem condições de disputá-lo. Agora, é uma questão de etapas. A gente tem que iniciar bem o ano e fazendo as coisas de forma organizada. A gente não pode perder a organização, a responsabilidade que a gente conseguiu nos últimos anos e ir de etapa em etapa. Acredito, sim, que a gente pode fazer um grande campeonato e não pode deixar de sonhar com o acesso, não", disse. 

Na semana passada, Hélio dos Anjos compartilhou ainda outras preocupações com este momento de montagem do elenco e afirmou não estar entendendo o mercado. Em entrevista ao repórter João Victor Amorim, também da Rádio Jornal, o comandante alvirrubro disse também que há muito trabalho sendo feito e que, quase diariamente, conversa com Diógenes, sempre nos finais de tarde. 

A Ralph de Carvalho, Braga também reconheceu que o processo eleitoral frearam um pouco esse processo de planejamento e contratação de jogadores para 2022, mas deposita muita fé no elenco Sub-20 do clube, esperando contar com algumas peças no time principal. Além disso, o presidente eleito revelou que a posição prioritária para contratação é a de goleiro e acrescentou que o Náutico "tem que ter criatividade para conseguir reforçar o elenco com o orçamento que tem".  

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO

Comentários

Últimas notícias