Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

INGLATERRA

Chelsea e Liverpool empatam em duelo eletrizante; confira os detalhes da partida pela Premier League

Placar foi excelente para o líder Manchester City, que agora está a 10 pontos na frente do Chelsea, atual segundo colocado

Estadão Conteúdo Túlio Feitosa
Estadão Conteúdo
Túlio Feitosa
Publicado em 02/01/2022 às 16:11
ADRIAN DENNIS / AFP
Liverpool e Chelsea se enfrentam na final da Copa da Inglaterra - FOTO: ADRIAN DENNIS / AFP
Leitura:

Chelsea e Liverpool fizeram grande jogo neste domingo, no estádio Stamford Bridge, em Londres, pela 21.ª rodada do Campeonato Inglês, e ficaram no empate por 2 a 2. O time visitante abriu dois gols de vantagem, com Sadio Mané e Mohamed Salah, mas o da casa empatou com Kovavic e Pulisic, ainda na etapa inicial. A igualdade deixa o Manchester City sorrindo à toa, ainda mais líder da competição.

O Chelsea fica com a segunda colocação, agora com 43 pontos, apenas um a mais do que o próprio Liverpool, terceiro colocado com um jogo a menos. Na ponta, o Manchester City tem 53 pontos depois de bater de virada o Arsenal por 2 a 1, em Londres, no último sábado.

Os dois times conviveram com problemas antes do clássico. Pelo lado do Chelsea, o centroavante belga Romelu Lukaku foi afastado após fazer críticas públicas ao estilo de jogo e o desejo de retornar à Internazionale. No Liverpool, um surto de covid-19 deixou o técnico alemão Jürgen Klopp, os brasileiros Alisson e Roberto Firmino, além do zagueiro Matip, de fora do duelo.

O clássico começou a mil por hora em Londres. Logo aos 10 segundos, Mané acertou uma cotovelada em Azpilicueta e recebeu o cartão amarelo, dando a tônica de como seria o duelo em Stamford Bridge. Com a bola, as duas defesas cometeram erros bisonhos. Liverpool e Chelsea, com Salah e Pulisic, respectivamente perderam chances claríssimas de gol logo nos primeiros minutos. No entanto, quem não desperdiçou foi Sadio Mané. O senegalês recebeu um presente de Chalobah, driblou Mendy e tocou para o fundo das redes para fazer 1 a 0.

>> Janela de transferência da Europa: veja quem pode mudar de clube em janeiro de 2022

>> Jogos de hoje (domingo, 02 de janeiro de 2022) saiba onde assistir futebol ao vivo e horários

Melhor em campo, o time de Jurgen Klopp ampliou a vantagem aos 25 minutos de jogo. Arnold lançou na frente para Salah, que driblou Alonso e tocou colocado, sem chances para Mendy.

Contudo, o primeiro tempo ainda reservava grandes emoções no fim Após bola mal afastada em cobrança de escanteio, Kovacic emendou chute de primeira e diminuiu para o Chelsea aos 41 minutos. Quatro minutos depois, Pulisic deixou tudo igual no placar. Kanté lançou o americano, que tocou no canto de Kelleher para empatar.

O segundo tempo começou com a mesma intensidade que terminou o primeiro. O Chelsea seguia com a linha alta, pressionando a marcação no meio de campo, e o Liverpool tentando sair em velocidade no toque de bola. Em descida rápida aos nove minutos, Salah percebeu Mendy adiantado e por pouco não marcou um gol antológico. O goleiro conseguiu se recuperar a tempo e mandou a bola para escanteio. Logo em seguida, foi a vez de Mané, após ataque de pé em pé, exigir nova defesaça de Mendy.

O Chelsea não deixou barato. Minutos depois, na pequena área, Kelleher operou um milagre em chute de Pulisic, salvando a virada dos londrinos.

OUTROS JOGOS

Depois de duas derrotas seguidas no Campeonato Inglês, o Brighton visitou o Everton neste domingo, em Liverpool, e levou para casa a vitória por 3 a 2, subindo para a oitava posição com 27 pontos. Já seu adversário permanece na 15 ª colocação com 19 somados.

O Everton deu muito espaço no primeiro tempo e deixou o Brighton solto em campo. Logo aos três minutos, depois de um cruzamento para a área, Neal Maupay cabeceou a bola para o chão e Mac Allister, oportunista, abriu o placar. Aos 21, Dan Burn ampliou para a equipe visitante. Enock Mwepu desviou de cabeça após cobrança de escanteio e sobrou para o camisa 33 cabecear para o fundo do gol.

Em seguida, Anthony Gordon disparou no ataque e foi derrubado dentro da área. O árbitro foi chamado por VAR e assinalou pênalti. O Everton teve a chance de descontar, mas, incrivelmente, Dominic Calvert-Lewin perdeu a cobrança.

No início da segunda etapa, o Everton cobrou uma falta errada e quase entregou a bola de graça ao adversário, mas na sequência se redimiu. Anthony Gordon costurou a defesa, chutou da entrada da área e contou com um desvio para a bola morrer no fundo da rede e diminuir a desvantagem para 2 a 1.

Aos 26 minutos, com categoria, Mac Allister deixou o segundo dele no jogo. Leandro Trossard recebeu tranquilamente pela lateral e passou para Mwepu. O meio-campista deu toque espetacular para trás e sobrou para o camisa 10 fazer um golaço de pé direito, no ângulo, fazendo 3 a 1.

Em menos de cinco minutos, Jonjoe Kenny colocou a bola na área e Gordon, novamente, aproveitou o cruzamento para finalizar e fechar o placar em 3 a 2 para o Brighton.

Nos outros dois jogos deste domingo, o Brentford derrotou o Aston Villa por 2 a 1, como mandante, e o Leeds United fez 3 a 1 no Burnley.

Comentários

Últimas notícias