Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

COPINHA

Copinha: Santos fica arrasado com escolha da FPF e Palmeiras jogará a final em casa; confira

A final será nesta terça-feira (25), às 10h

Manuel Dias
Manuel Dias
Publicado em 24/01/2022 às 9:30 | Atualizado em 28/01/2022 às 16:40
REPRODUÇÃO/TWITTER
Santos vai disputar a final da Copinha contra o Palmeiras. - FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER
Leitura:

Nesta terça-feira (25), às 10h, Palmeiras e Santos vão se enfrentar em partida que vale o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha. Com o Estádio do Pacaembu privatizado, a Federação Paulista de Futebol (FPF) definiu que o palco da decisão será no Allianz Parque, casa do Verdão.

> Copinha: confira ao vivo a coletiva para a final entre Palmeiras x Santos

O motivo da decisão da Federação Paulista de Futebol foi que o Palmeiras teria realizado uma campanha melhor na fase de classificação, além da determinação de clássicos com torcida única serem realizados no Allianz Parque.

> Copinha: Federação Paulista divulga detalhes da final Palmeiras x Santos; confira

> Copinha: Federação Paulista define preços dos ingressos da final entre Palmeiras x Santos; confira

> Final da Copinha: Federação Paulista de Futebol define horário e local da decisão entre Santos x Palmeiras

Santos não curtiu!

O Santos não gostou da decisão da Federação Paulista e assim que foi divulgado o local da final da Copinha, o Peixe publicou uma nota nas redes sociais repudiando a FPF. O presidente do clube, Andres Ruedas, chegou a sugerir campos neutros para a final.

''O Santos FC lamenta e repudia a decisão da Federação Paulista de Futebol (FPF) de marcar a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, nesta terça-feira (25/01) para o Allianz Parque. O Peixe considera que tal decisão, que no regulamento da competição está sob responsabilidade do Departamento de Competições da FPF, privilegia o outro finalista e não atende ao princípio de isonomia.

Desde o término das semifinais, na noite de sábado, o presidente do Santos, Andres Rueda, manteve contato com o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, argumentando que nosso adversário tinha o direito de jogar com torcida, mas que o estádio deveria ser neutro. 

Historicamente, as finais da Copa SP ocorrem no Pacaembu, como o próprio regulamento deixa claro. Rueda apontou diversas alternativas para que a final ocorresse seguindo o tradicional princípio da neutralidade nesta competição de base e reitera seu descontentamento com a decisão'', publicou o Santos.

Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

 

Comentários

Últimas notícias