RELIGIÃO

Coronavírus: Associação de Juristas Evangélicos apela a pastores que insistem em realizar cultos

Polêmica foi acendida pelos pastores Silas Malafaia e Edir Macedo, que defendem que as igrejas sejam mantidas abertas durante a quarentena

Thalis Araújo Agência Estado
Thalis Araújo
Agência Estado
Publicado em 24/03/2020 às 11:37
Notícia
REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
"É muito fácil ficar com a bunda sentada na cadeira, escrevendo asneira e ficar atacando tudo", disse o pastor presidente da Igreja Assembleia de Deus - Vitória em Cristo, Silas Malafaia, ao defender a manutenção das igrejas abertas em meio à pandemia do novo coronavírus - FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
Leitura:

A Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure) apelou a pastores e igrejas para que, "por solidariedade cristã e em nome do espírito coletivo", se sujeitem às determinações e recomendações de governos e não realizem cultos presenciais, reuniões religiosas ou eventos públicos durante a pandemia do novo coronavírus. A polêmica foi acendida pelos pastores Silas Malafaia e Edir Macedo, que defendem que as igrejas sejam mantidas abertas durante a quarentena.

"A Anajure pede à comunidade evangélica que continue seguindo as recomendações do poder público com relação ao isolamento social, ainda que algumas delas sejam questionáveis do ponto de vista constitucional", apelou a entidade, em nota. "A resistência por parte de alguns grupos religiosos, ainda que em pequeno número, demonstra desconexão com a gravidade do contexto enfrentado pelo País e falta de compaixão por seus fiéis, vez que os coloca em perigo e eleva o potencial de proliferação da doença, inclusive, no meio de grupos de risco, como os idosos."

O Ministério da Saúde afirma que os templos podem permanecer abertos para assistência ou orações individuais, mas orienta que não promovam cultos e quaisquer atividades com aglomeração. A associação diz ser "prudente" usar meios de comunicação virtuais para cultos, aulas e seminários teológicos, além de sugerir o trabalho em casa aos funcionários administrativos das denominações.

Houve igrejas que adotaram alternativas, como a transmissão dos cultos na TV e internet, adiaram grandes eventos e estimularam a realização de cultos domésticos. Porém, a insistência de pastores em manter cultos que reúnem centenas ou milhares de pessoas, o que contraria as orientações de autoridades públicas de saúde e sanitárias, levou a entidade a publicar duas notas sobre o caso nos últimos cinco dias.

Uma das que adotou medidas de afastamento dentro dos templos, mas manteve as reuniões foi a Igreja Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo. Também houve resistência por parte do pastor Silas Malafaia (Assembleia de Deus Vitória em Cristo), que só suspendeu os cultos presenciais no dia 19.

Santa Sé

O Vaticano orientou as dioceses que estejam em emergência sanitária pela covid-19 a manter missas sem fiéis mesmo durante a Semana Santa e transferir as tradicionais procissões para setembro. Sob consultas, a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos destacou que a festa da Páscoa não pode ser transferida de data.

Em relação ao tríduo pascal, que começa na Quinta-Feira Santa, a orientação é para que "mesmo sem a participação dos fiéis, o bispo e os párocos celebrem os mistérios litúrgicos, avisando os fiéis da hora de início de modo a que se possam unir em oração nas respectivas habitações". E ainda se estimula o uso das redes sociais.

Prevê-se especificamente para a Sexta-Feira Santa que "na oração universal, o bispo diocesano terá o cuidado de estabelecer uma intenção especial pelos doentes, pelos defuntos e por aqueles que sofreram alguma perda" por causa da covid-19.

Metade das dioceses paulistas já adotou restrições. As procissões tradicionais de Domingo de Ramos e da Sexta-Feira Santa poderão ser transferidas para outras datas.

 

Silas Malafaia mantém igrejas abertas

"É muito fácil ficar com a bunda sentada na cadeira, escrevendo asneira e ficar atacando tudo", foi assim que o pastor presidente da Igreja Assembleia de Deus - Vitória em Cristo, Silas Malafaia, começou o seu discurso nas redes sociais. O líder evangélico voltou a falar sobre um assunto que tem sido muito polêmico nos últimos dias: a manutenção das igrejas abertas em meio à pandemia do novo coronavírus. "Eu vou provar que eu estou 100% certo. Nada como um dia após o outro", apontou Malafaia.

>> "Deus não nos deu uma mente desequilibrada", diz Ana Paula sobre líderes religiosos que mantêm cultos nas igrejas em tempos de coronavírus

>> Número de casos confirmados de coronavírus no mundo ultrapassa os 330 mil

>> Brasil tem 1.891 casos confirmados do novo coronavírus e 34 mortes

>> Silas Malafaia responde a Ana Paula Valadão: "Não tem moral"

>> Coronavírus: 87,5% dos pacientes internados em Pernambuco estão em hospital privado

O pastor falou que Deus tem dado a ele discernimento, mesmo com suas "limitações" e "mediocridade". Silas não mencionou somente a religião evangélica, mas disse que as demais "têm um tratamento diferenciado na Constituição Brasileira".

O lugar do culto é inviolável e tem a proteção do Estado. Sabe o que é que estava acontecendo? Um monte de prefeito e governador baixando decreto para fechar a igreja totalmente
Silas Malafaia

De acordo com Malafaia, o fechamento das igrejas em tempos de coronavírus poderia provocar facilidade na interdição das instituições religiosas no futuro, caso ele não se manifestasse. "Sabe o que ia acontecer depois disso? Se eu não me manifesto? Qualquer prefeito ou governador que quisesse fechar igreja, qualquer coisa, se acharia no direito. O que aconteceu? Eu provoquei a Justiça para ela se posicionar, e o que a Justiça falou? 'Para o culto, mas não fecha a igreja'", ressaltou.

A autoridade religiosa revela que o seu posicionamento não é para defender a permanência dos cultos, mas defender que a igreja esteja aberta para que as pessoas possam receber atendimentos espirituais. "A Justiça reconhece que a igreja é um hospital espiritual e emocional", disse.

Atendimentos ampliados

Os atendimentos pastorais na sede da Vitória em Cristo, que fica no Rio de Janeiro, foram ampliados por Malafaia, acontecendo de segunda à sexta-feira, das 9h às 21h, no sábado, das 9h às 12h, e no domingo, às 10h e às 18h.

Silas afirmou em seu vídeo que várias pessoas procuraram a sua denominação, no último domingo (22), dia que a igreja tem bastante movimento. O pastor explicou que os fiéis estavam com "pânico, medo e pensamentos de suicídio" e mandou um recado para líderes religiosos que fecharam as suas igrejas por causa da pandemia. "Lamento o pastor que trancou tudo na igreja. Desobediência civil 'uma vírgula'! Desobediência às leis é o que os prefeitos e alguns governadores queriam. Tudo o que foi dado na Justiça, nós provocamos. Tá lá o meu nome e a minha igreja", destacou.

Já no final do vídeo, Silas Malafaia trouxe à tona a importância da obediência às 'autoridades espirituais'. A fala vem depois de discursos polêmicos feitos por ele e pela vocalista da banda Diante do Trono, Ana Paula Valadão, que incentivou, na semana passada, os fiéis a evitarem a presença em cultos religiosos no período de quarentena, dizendo que "Deus não deu uma mente desequilibrada". O pastor mandou ainda um recado para os "irmãos em Cristo": "Quando você não tiver uma coisa boa para falar, fica queto. Aprenda a respeitar a unção e a autoridade espiritual. Você está tão preocupado em socorrer as pessoas? Vem aqui correr risco para atender gente agora. Vai plantar batata! Vai ver se eu estou na esquina, bando de fariseu! Está falando, mas não se dispõe a ajudar pessoas", concluiu.

Confira o vídeo de Silas Malafaia

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Confira algumas igrejas que paralisaram as suas atividades por conta da pandemia do novo coronavírus

Confira algumas igrejas da RMR que suspenderam as atividades por conta do coronavírus

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

COMUNICADO IMPORTANTE ? Como Igreja, estamos atentos às notícias sobre o Coronavírus, COVID-19, e tomando todos os cuidados necessários. Como foi emitido na nota oficial pelo governador de Pernambuco, a orientação é a suspensão de eventos com mais de 500 pessoas, por isso, essa quarta-feira iremos cultuar apenas através da TRANSMISSÃO AO VIVO! ? Cremos que o fim dessa pandemia irá acontecer por meio da ORAÇÃO, do JEJUM e também da RESPONSABILIDADE com nós mesmos e com o público de risco que poderia ser afetado. Seguimos com fé no nome que está acima de todo nome, o de Jesus!!! Crendo que: "Nenhum mal nos sucederá, nem praga alguma chegará à nossa tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos". (Salmos 91:10-11). E fazendo a nossa parte: nos cuidando e seguindo a orientação dos médicos especialistas. ? @prarthurpereira e @pastoratalithapereira

Uma publicação compartilhada por Igreja do Amor (@igrejadoamor) em

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Estamos aqui para atualizar vocês sobre como vamos lidar com as atividades da nossa igreja diante das últimas decisões das autoridades em relação a situação do coronavírus em nosso estado. O Governo de Pernambuco anunciou nessa tarde algumas medidas para conter o avanço da contaminação, entre elas, a suspensão de eventos de massa, públicos e privados, a partir desse domingo. Conscientes da nossa responsabilidade, resolvemos suspender todos as nossas atividades na próxima semana. Isso inclui os cultos desse domingo dia 15, tanto no Recife Antigo quanto em Boa Viagem; nosso Culto de Oração na terça e curso da Alicerce na quarta. Sobre o De Cara Limpa, nosso evento para mulheres, que aconteceria no próximo sábado, estamos em contato com as palestrantes para encontrar uma nova data que em breve informaremos tanto em nossas redes sociais, quanto diretamente a você que já fez sua inscrição. Nós entendemos que esse não é um tempo para desespero e sim para a prudência. Por isso mesmo, estamos preparando uma live especial para você cultuar junto com a gente no conforto da sua casa nesse domingo. Fica aqui nossa oração pela famílias da nossa igreja, da nossa cidade, estado e país. Esse é um momento para nos unirmos como humanidade em prol de um bem comum, a saúde das pessoas que amamos. Que Deus abençoe você. Somos A Ponte.

Uma publicação compartilhada por A Ponte (@somosaponte) em

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

??Comunicado importante??

Uma publicação compartilhada por Batista Pentecostal Betel (@betelrecife) em

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

A Diretoria da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco, em atendimento ao novo decreto governamental, que suspende, no âmbito do Estado de Pernambuco, eventos de qualquer natureza com público superior a 50 (CINQUENTA) pessoas, expede as seguintes orientações: 1) Nas congregações com frequência DE ATÉ 50 PESSOAS, os cultos continuarão sendo realizados nos dias de costume, e no horário normal de 19h às 21h. 2) Nas congregações, cujos cultos semanais tenham frequência SUPERIOR a 50 PESSOAS, serão observadas as seguintes medidas: a) DOIS CULTOS diários – de terça a sexta-feira – nos horários de 19h às 20h e de 20h às 21h, observando-se sempre o número máximo de 50 pessoas por culto. b) Os cultos de Santa Ceia ocorrerão nos horários de 19h às 20h e de 20h às 21h, sendo que, quando necessário, poderão ser realizados mais de um culto de Santa Ceia, na mesma congregação, mas sempre dentro da mesma semana, para atender os membros que não puderam participar na Ceia anterior. Cabe aos pastores locais e/ou coordenadores de área organizar tais cultos. 3) Os círculos de oração continuarão sendo realizados nos mesmos dias e horário, das 9h às 16h, observando-se apenas que o número de presentes não poderá ser superior a 50 pessoas. 4) As campanhas evangelizadoras continuarão saindo normalmente, observando-se apenas a restrição quanto ao número de participantes nos cultos ao ar livre (ATÉ 50 pessoas), ficando suspensas as visitas a hospitais. 5) As EBDs funcionarão no horário de costume, observando-se o número máximo de 50 alunos presentes, sendo que os irmãos que ficarem impossibilitados de participar da EBD no templo poderão assistir à Escola Dominical, transmitida pela Rede Brasil de Comunicação, no horário de 9h30 às 11h, todos os domingos. 6) Ficam suspensas, em TODAS AS CONGREGAÇÕES, os círculos de oração infantil, bem como cultos, reuniões e ensaios do PROATI. Quaisquer dúvidas sobre a implementação das medidas acima adotadas deverão ser esclarecidas junto aos pastores locais e/ou coordenadores de áreas. Recife, 18 de março de 2020 #ieadpeoficial #coronavirus Pastor Presidente: @prailtonoficial

Uma publicação compartilhada por IEADPEOFICIAL (@ieadpeoficial) em

 

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Veja o mapa que mostra como o novo coronavírus tem se espalhado pelo mundo

OMS declara pandemia de novo coronavírus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse na última quarta-feira (11) que a epidemia de Covid-19, que infectou mais de 110.000 pessoas em todo mundo desde o final de dezembro, pode ser considerada uma "pandemia", mas que pode ser "controlada".

"Estamos profundamente preocupados com os níveis alarmantes de propagação e de gravidade, bem como com os níveis alarmantes de inação" no mundo, declarou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva em Genebra.

"Consideramos, então, que a Covid-19 pode ser caracterizada como uma pandemia", afirmou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias