Laudo cadavérico

Influencer Liliane Amorim morreu por inflamação após perfuração no intestino, aponta laudo 

Liliane morreu no dia 24 de janeiro, em Juazeiro do Norte, dias depois de passar por uma lipoaspiração

Do Jornal O Povo para a Rede Nordeste
Do Jornal O Povo para a Rede Nordeste
Publicado em 02/02/2021 às 21:27
Notícia

REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM
Pernambucana, Liliane Amorim foi enterrada em Afogados da Ingazeira - FOTO: REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM
Leitura:

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) enviou à Polícia Civil do Estado Ceará (PCCE) nesta terça-feira (2) o laudo cadavérico da digital influencer Liliane Amorim, de 26 anos, que morreu no 24 de janeiro. O documento aponta como causa da morte um choque séptico decorrente de traumatismo abdominal penetrante. Seria uma inflamação causada por perfuração no intestino, após a cirurgia de lipoaspiração.

>> Influenciadora digital Liliane Amorim morre dias após fazer lipoaspiração

>> Caso Liliane Amorim: cirurgião plástico explica riscos da lipoaspiração; veja perguntas e respostas

Os policiais civis da Delegacia Regional do Crato seguem com as investigações sobre o caso, contando agora com o laudo. Até o momento, 14 testemunhas já foram ouvidas e os depoimentos corroboram com as apurações da Polícia Civil. Outras testemunhas devem ser ouvidas até o final desta semana.

Liliane foi internada após ter apresentado complicações depois da realização de uma cirurgia plástica no dia 9 de janeiro. A influenciadora veio a óbito em hospital no Centro de Juazeiro do Norte, dez dias após dar entrada na emergência reclamando de dores corporais. Segundo levantamentos iniciais, a cirurgia plástica teria sido feita em unidade hospitalar no Crato, o que fez o caso ser transferido para o município.

Comentários

Últimas notícias