Caso Lázaro Barbosa

Ex-mulher de Lázaro Barbosa passa mal em interrogatório e tem depoimento adiado

O foragido foi visto por câmeras de seguranças indo até a casa da ex-esposa e ex-sogra, na noite do último domingo (27)

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 28/06/2021 às 16:31
Notícia
Divulgação/Polícia Civil
Lázaro Barbosa foi morto no dia 28 de junho em confronto com policiais da força-tarefa que fazia buscar por ele há 20 dias - FOTO: Divulgação/Polícia Civil
Leitura:

Os depoimentos à polícia da ex-mulher e da ex-sogra de Lázaro Barbosa Sousa, 32 anos, estavam marcados para esta segunda-feira (28), mas precisaram ser adiados. Segundo informações do Correio Braziliense, a ex-mulher teria passado mal durante o interrogatório, o que motivou o adiamento.

 

Lázaro, conhecido como o ‘serial killer do DF’, foi morto na manhã desta segunda-feira (28), em operação policial, no município de Águas Lindas de Goiás. Segundo o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, na noite do domingo (27), o foragido foi visto por câmeras de seguranças indo até a casa da ex-esposa e ex-sogra. Ambas confirmam o contato com o suspeito. Os policiais foram até o local mas não conseguiram pegar Lázaro. Ali, iniciou-se a perseguição final.

 

Após o combate, Lázaro foi levado para o Hospital Bom Jesus, mas chegou ao local sem vida. O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Luziânia.


Ainda segundo Rodney Miranda, Lázaro buscava um ponto de apoio na casa da ex-sogra e da ex-mulher. As mulheres foram encaminhadas à Delegacia Regional de Águas Lindas, mas não prestaram depoimento, pois a ex-mulher começou a se sentir mal na sala. Até o momento da publicação desta matéria não há previsão de quando as duas irão depor.

Com informações do Correio Braziliense

Comentários

Últimas notícias