CAPACITAÇÃO

Prefeitura lança projeto de reforço escolar para alunos do 9º ano

Proposta visa beneficiar 2155 de estudantes da rede municipal do Recife

Editoria de Cidades
Editoria de Cidades
Publicado em 18/05/2017 às 11:55
Foto: Ana Roberta Amorim/JC
Proposta visa beneficiar 2155 de estudantes da rede municipal do Recife - FOTO: Foto: Ana Roberta Amorim/JC
Leitura:

A Prefeitura do Recife lançou na manhã desta quinta-feira (18) o projeto Ondatec, que visa oferecer aulas gratuitas de português e matemática para alunos do nono ano da rede municipal de ensino. O objetivo é capacitar os estudantes para o ingresso nas Escolas Técnicas Estaduais (ETEs), Institutos Federais (IFs), Sesi e Senai. O evento de lançamento ocorreu no Compaz Ariano Suassuna, bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife e contou com um aulão com muita música e interatividade para cerca de mil alunos presentes.

As aulas irão acontecer aos sábados, com início no próximo dia 20, e terão duração de quatro horas, duas para português e duas para matemática. “A escolha pelas duas disciplinas se justifica porque são as mais cobradas nos exames dos institutos federais. Queremos capacitar nossos alunos para essas provas, além de oferecer a eles a oportunidade de se aprofundar nas matérias”, explicou o secretário de educação do Recife, Alexandre Rebêlo.

São 2155 vagas (abarcando o total de estudantes matriculados no 9º ano da rede pública municipal) e, até agora, mais de mil se inscreveram. O cadastro para participar do projeto é feito pelo próprio aluno na secretaria da escola. As inscrições começaram há cerca de duas semanas e devem terminar na sexta da semana que vem, dia 27.

Além do modo expositivo presencial de aprendizado, os alunos terão a oportunidade também de se tirar dúvidas por meio da Unidade Virtual de Cursos à Distância da Secretaria de Educação do Recife (Unirec).

O Governo do Estado também entrou numa parceria com a Prefeitura e disponibilizou seis ETEs para a realização das aulas. “Foi uma forma de mostrar aos alunos as dependências das escolas técnicas, onde eles irão estudar, e estimulá-los a estudar para ingressar nas ETEs e institutos federais”, disse o secretário de educação de Pernambuco, Fred Amâncio.

Aprovações

De acordo com a Secretaria de Educação, de 2015 para 2016 houve um salto de alunos aprovados em vestibulares para cursos técnicos, passando de 120 para 236. “Estamos preparando os nossos alunos da rede municipal para conseguirem escolher a escola técnica de nível médio que querem estudar”, afirmou o prefeito Geraldo Júlio.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias